Topo

Geek

No Brasil, Morena Baccarin diz que novo "Deadpool" é "completamente diferente"

 Eduardo Martins/AgNews
Morena Baccarin posa em São Paulo durante evento para divulgar "Deadpool 2" Imagem: Eduardo Martins/AgNews

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

06/05/2018 23h30

A aguardada sequência de “Deadpool” está chegando. E Morena Baccarin, a Vanessa do filme, adiantou que os fãs podem esperar um filme bem distinto do primeiro -- apesar do bom humor ainda ser uma constante.

“São dois filmes completamente diferentes, então é difícil você comparar”, disse a atriz brasileira durante um evento em São Paulo, neste domingo (6), ao falar da troca de comando entre o longa original e a sequência: o primeiro foi dirigido por Tim Miller -- que teria deixado o posto por diferenças criativas com o protagonista Ryan Reynolds -- e o segundo, por David Leitch.

“Amei trabalhar com os dois. O David também fez um bom trabalho. Ele estava trabalhando mais na área técnica, mas ele também dava umas dicas que ajudavam emocionalmente nos personagens. Ele sabia dirigir você como ator e como uma pessoa que é parte de uma máquina, que vai ser o filme”.

Morena, que nasceu no Rio de Janeiro mas mora desde os 7 anos nos Estados Unidos, adiantou que o relacionamento nada convencional de Wade Wilson e Vanessa continua sendo um dos destaques da história. “Acho que o sonho dos dois é casar e ter filhos, do jeito deles. Eles são loucos, e se amam de verdade. E o início da relação deles nesse filme é eles querendo levar o relacionamento para a próxima etapa. acho que no sonho dela eles vão ter 50 filhos e se amar pra sempre, e ele continua matando pessoas”, disse, aos risos.

Divulgação
Morena e Ryan Reynolds em cena de "Deadpool" Imagem: Divulgação

E seria “Deadpool 2”, com seu herói desbocado, um “filme de família”, como vem dizendo sua divulgação? Não é bem assim. “Não é família ‘vai levar seu filho de cinco anos pra ver’”, brincou a artista. “É a família deles, do grupo que se forma para conseguir o que se consegue no final do filme”.

Ryan Reynolds querido

Morena falou com carinho de Ryan Reynolds, intérprete do mercenário tagarela, e contou que os dois se tornaram bem amigos por causa do trabalho.

“Acho que a única coisa que previne a gente de se ver mais é o trabalho, as crianças e tudo o que acontece na vida. Mas ele é muito querido, muito legal. Ele estuda bastante, ele está sempre tentando arranjar um jeito se fazer uma cena melhor, fazer mais piadas. Ele está sempre ativo, o cérebro dele está sempre indo. Você relaxa, porque sabe que está em boas mãos”.

A nova colega Zazie Beetz (“Atlanta”), que faz no longa sua estreia como Domino, também recebeu elogios da atriz: “Eu fico exausta só de ver o que ela está fazendo na tela. Ela trabalha muito duro”.

Superpoder

Em sintonia com o filme que veio promover, a brasileira esbanjou bom-humor ao falar do superpoder que gostaria de ter: o de nunca ficar cansada.

Questionada sobre sua vontade de protagonizar um filme de ação, ela brincou: “Eu gostaria, mas estou tão cansada. Tenho que criar aquele poder especial de não ficar cansada. Acho que chama cocaína, né? [Risos] Nunca provei, mas já me disseram”.

E qual super-heroína ela gostaria de interpretar? “Mais uma vilã, sabia? Eu amo a Mulher Gato”, respondeu. A atriz, inclusive, já faz parte do universo DC: ela vive a Dra. Leslie Tompkins na série “Gotham”.