Topo

Música

Aos 70, vovô Ozzy pensa em última turnê mundial, mas nega aposentadoria

Reprodução/TV Globo
Perto de completar os 70 anos, vovô Ozzy Osbourne pensa em última turnê mundial, mas nega aposentadoria Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

06/05/2018 22h57

Prestes a completar os 70 anos, o músico britânico Ozzy  Osbourne admitiu que planeja fazer a sua última turnê mundial, mas negou que irá decretar a aposentadoria, durante entrevista ao "Fantástico", da TV Globo, neste domingo (6). A despedida começou neste mês e deve ir até 2020.

"Será a última turnê mundial, mas vou continuar a fazer shows aqui e ali. Não dá para se aposentar com o trabalho desses. Vou fazer o quê? Deixar de ser astro do rock para trabalhar em uma lanchonete?", perguntou a lenda do metal e ex-vocalista da banda Black Sabbath.

O repórter lembra a Ozzy que ele já havia feito uma turnê de despedida 25 anos atrás. Foi alarme falso. "Não, eu fiz aquela turnê de despedida porque o meu médico disse que eu estava com esclerose múltipla, mas no fim era uma doença menos grave. Até hoje eu tomo três remédios por dia para não tremer", explicou Ozzy.

Questionado se a morte lhe preocupa, o cantor respondeu. "Eu me preocupava mais com a morte quando eu era jovem. Hoje eu malho mais do que nunca. Parei de beber e usar drogas há 7 anos. Não faço mais nada daquilo", garantiu.

Durante a entrevista, Ozzy Osbourne também faz declaração à esposa, Sharon Osbourne, mulher e responsável por cuidar da carreira dele desde os anos 80. "A gente briga, mas ela é tudo pra mim. Eu já fiz muita loucura e do qual me arrependo muito", afirmou.

O músico não explica a quais loucuras se refere, mas em 2016, por exemplo, Sharon descobriu que Ozzy estaria tendo um relacionamento extraconjugal com Michelle Puhg, na época com 45 anos. Ela foi cabeleireira de famosos em Hollywood e cuidava do visual de artistas como Jennifer Lopez. Ozzy e Sharon se separaram após cerca de 30 anos de casamento, mas reataram.

O repórter da Globo tenta tocar no assunto, mas logo a equipe de Ozzy veta. "Próxima pergunta", diz uma voz, aos fundos. 

Ao fim da entrevista, Ozzy decreta uma humildade não observada em pergunta anterior quando se autodenominou o "astro do rock". "Eu nunca me achei um grande cantor, o que eu sou é um maestro da loucura", conclui.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!