Topo

Entretenimento

Incêndio atinge barracão de escola de samba no Rio; funcionário que dormia é salvo

Reprodução/TV Globo
Incêndio em barracão da Império da Tijuca, no Rio Imagem: Reprodução/TV Globo

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL

02/05/2018 08h33

Um incêndio de grandes proporções atinge um barracão da escola de samba Império da Tijuca na manhã desta quarta-feira (2). O depósito, localizado na Avenida Brasil – umas das principais vias da cidade -  reúne alegorias e adereços. Um funcionário que estava no local conseguiu se salvar.

Reprodução
Imagem: Reprodução

O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 6h30 e até às 8h15 não havia controlado as chamas.

A corporação informou que ninguém ficou ferido. 

Procurada, a diretoria do GRES Unidos da Ponte informou que ainda não é possível calcular o prejuízo do incêndio. De acordo com a escola, apenas um alegoria foi atingida pelo incêndio que queimou esculturas soltas e parte da estrutura do barracão. 

"A diretoria da Unidos da Ponte já está mobilizada no sentido de recuperar os danos e dar prosseguimento aos trabalhos visando o Carnaval de 2019", disse o presidente da escola de samba, Rosenberg de Azevedo.

A Império da Tijuca explicou que não teve prejuízos no incêndio, pois o espaço estava cedido para as agremiações Unidos da Ponte, da Série A, e Lins Imperial, da Série B. As produções da Império da Tijuca são desenvolvidas no barracão  próximo à Marquês de Sapucaí e longe do local atingido.

"A  Império da Tijuca se solidariza às agremiações atingidas neste incêndio", disse o presidente da escola Antônio Marcos Teles através de nota.

No momento que as chamas começaram, apenas um funcionário da escola estava no local. Ele foi acordado por vizinhos antes do fogo se alastrar e conseguiu deixar o barracão sem ferimentos. 

Segundo relatos de vizinhos ao barracão, o fogo pode ter sido provocado por moradores de rua que incendiaram objetos fora do galpão.

De acordo ainda com a escola, a Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil vão efetuar a perícia no local para identificar as possíveis causas do acidente.

O galpão da Império da Tijuca havia sido alugado pelas escolas: Unidos da Ponte e Lins Imperial.  O depósito funciona próximo a um galpão de combustível e ao Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia. Equipes de três Batalhões do Corpo de Bombeiros estão no local: Quartel Central, de Vila Isabel e de São Cristóvão.

A fumaça do incêndio foi vista em diversos pontos da cidade, inclusive da Ponte Rio-Niterói. Segundo o Centro de Operações Rio, que monitora o trânsito na cidade, a pista lateral da Avenida Brasil foi interditada e há retenções.

O COR pede que os motoristas que seguem para o Centro optem pela Linha Vermelha.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento