Topo

Música

Shania Twain pede desculpas após dizer que votaria em Donald Trump

Divulgação
Shania Twain pediu desculpas publicamente Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

23/04/2018 10h23

A cantora country Shania Twain pediu desculpas por dizer que, se pudesse, teria votado no presidente norte-americano Donald Trump porque ele “apesar de ofensivo, parecia honesto”.

Após a grande repercussão da declaração, dada em entrevista ao jornal “The Guardian”, Shania, que é canadense, se pronunciou por meio de seu Twitter no último domingo (22).

“Eu gostaria de pedir desculpas a todos que eu ofendi”, escreveu. “A pergunta me pegou de surpresa. Como canadense, eu me arrependo de ter respondido a essa questão inesperada sem ter conferido mais contexto à minha resposta.”

Ela prosseguiu: “Eu sou fortemente contra discriminação de qualquer tipo e espero que esteja claro, pelas escolhas que eu fiz, e pelas pessoas que apoio, que eu não compartilho qualquer crença moral com o atual presidente.”

“Eu estava tentando explicar, em resposta à uma pergunta sobre a eleição, que na minha compreensão limitada o presidente se comunicava com uma parte dos Estados Unidos como uma pessoa acessível com quem eles poderiam se identificar, já que ele não era um político.”

“Minha resposta foi estranha, mas certamente não deve ser interpretada como uma representação dos meus valores nem significa que eu o apoio. EU faço música para unir as pessoas. Meu caminho sempre será o da inclusão, como a minha trajetória mostra”, encerrou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!