Topo

Música

Beyoncé volta aos palcos no Coachella com Jay Z e reunião de Destiny's Child

 Larry Busacca/Getty Images for Coachella
Beyoncé durante sua apresentação no Coachella 2018 Imagem: Larry Busacca/Getty Images for Coachella

Do UOL, em São Paulo

15/04/2018 08h07

Depois de receber suas gêmeas, Beyoncé enfim matou a saudade dos palcos. Neste sábado, na segunda noite do Coachella, um dos festivais de música mais importantes do mundo, a cantora não apenas apresentou seu show, em formato especial e com novidades, mas também levou ao palco o marido Jay Z e reuniu o trio pela qual ficou famosa, o Destiny’s Child, marcando uma apresentação histórica.

 Larry Busacca/Getty Images for Coachella
Imagem: Larry Busacca/Getty Images for Coachella

Beyonce foi a atração principal de uma noite que teve ainda HAIM e Tyler, the Creator. Mas, não adianta, todos os olhos estavam voltados para ela, que não decepcionou. Foram duas horas intensas, quase sem pausas, com dezenas de dançarinos se intercalando no palco e as participações especiais. No palco, houve trocas de roupa, plataforma a levando para cantar em cima do público e homenagens, como a Nina Simone.

Outro fato foi histórico, segundo ela mesmo destacou: “Coachella, obrigado por me permitir ser a primeira mulher negra a ser atração principal em uma noite do festival.”

Impecavelmente coreografado e com detalhes minuciosos desde a direção ao design, era um show em que Beyoncé sabia que tinha de estar à altura. O início foi com “Crazy in Love”, “Freedom” e “Lift Every Voice and Sing”. “Esta é uma performance muito especial para mim. Estou feliz de voltar para meu lar, o palco, nesta noite”, disse ela, entre “Sorry” e “Bow Down/I Been On”.

Jay Z foi convocado para cantar “Deja Vú” com ela, e a química do casal foi notável. Já com 20 músicas passadas no repertório, foi a vez de três músicas com as parceiras de Destiny’s Child, Kelly Rowland and Michelle Williams. Elas cantaram “Lose My Breath”, “Say My Name” e “Soldier”. Outra presença foi de Solange, irmão de Beyoncé, em “Get Me Bodied”.

Depois de receber suas gêmeas, Beyoncé enfim matou a saudade dos palcos. Neste sábado, na segunda noite do Coachella, um dos festivais de música mais importantes do mundo, a cantora não apenas apresentou seu show, em f","image":{"sizes":{"personalizado":"","original":"900x506"},"height":506,"width":900,"crops":"1x1;3x4;4x3;9x16;16x9;16x12;80x80;142x100;142x200;300x100;300x200;300x300;300x420;300x500;615x300;615x470;956x500;1024x768;1920x1080;1920x1197","src":"http://conteudo.imguol.com.br/c/entretenimento/c9/2018/04/15/beyonce-durante-sua-apresentacao-no-coachella-2018-1523790439113_v2_900x506.jpg","type":"","titulo":"Beyoncé durante sua apresentação no Coachella 2018","credito":" Larry Busacca/Getty Images for Coachella"},"date":"15/04/2018 14h21","kicker":"Da Redação"}}' cp-area='{"xs-sm":"49.88px","md-lg":"33.88px"}' config-name="entretenimento/entretenimento">

Newsletters

Receba por email as principais notícias do UOL sem pagar nada.

Quero receber