Topo

Entretenimento

Astro de Bollywood é condenado a 5 anos de prisão por matar animais raros

Reprodução/Facebook/BeingSalmanKhan
Imagem: Reprodução/Facebook/BeingSalmanKhan

Do UOL, em São Paulo

05/04/2018 07h26

Um dos maiores astros de Bollywood, Salman Khan teve anunciada sua condenação a cinco anos de prisão pela morte de animais raros, protegidos pela lei indiana. O caso é antigo, e teria acontecido em 1998.

AP Photo/Gurinder Osa
Cervicapra, animal que foi morto pelo astro de Bollywood Imagem: AP Photo/Gurinder Osa
Segundo a "CNN", Khan foi condenado nesta quinta-feira pela morte de dois cervicapras, também conhecidos como antílopes-indianos. O ator de 52 anos, um dos mais famosos da rica indústria de cinema indiana, poderá recorrer para tentar cumprir a pena fora de uma cadeia ou reverter a decisão, e terá de pagar uma multa de US$ 150.

Desde que ocorreu o caso, Khan alega inocência. O caso ficou empacado na Justiça indiana por muitos anos. Sua defesa diz que ele carregava apenas uma arma de pressão. 

O histórico de "bad boy" de Khan vem de longa data. Ele já teve de responder na Justiça por conta do atropelamento de um morador de rua, com fuga. Ele foi condenado, mas a decisão foi suspensa por falta de provas. 

A Forbes listou Salman Khan como a 71ª  celebridade mais bem paga do mundo, sendo o 9º ator mais bem pago, com US$ 37 milhões em 2017.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento