Topo

Filmes e séries

Quem é John Cena, o lutador de telecatch que está dominando Hollywood

Reprodução
O lutador, rapper e ator John Cena Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

03/04/2018 04h00

John Cena é um dos principais nomes do show business atual. Ele é lutador do WWE (o telecatch norte-americano com grife), rapper, ator e uma fonte inesgotável de memes nas redes sociais. Se você ainda não o conhece, preste atenção neste nome: ele vai dominar Hollywood.

O norte-americano de 40 anos começou a se destacar como lutador profissional no início dos anos 2000. Não demorou para conquistar com seu carisma o público ávido pelas lutas ensaiadas e foi ganhando mais espaço no cenário --bem semelhante ao que aconteceu com The Rock, que só depois passou a ser conhecido pelo nome verdadeiro, Dwayne Johnson.

REUTERS/Mario Anzuoni
John Cena chega fantasiado de Tartaruga Ninja no Kids Choice Awards 2018 Imagem: REUTERS/Mario Anzuoni

Em 2006, já campeão do WWE, Cena estreou nos cinemas em "Busca Explosiva", seguindo o esperado de um fortão: um filme de ação sem tempero em que apresenta uma vingança pessoal do protagonista até as últimas consequências. Não deu muito certo. O filme afundou e restou a Cena continuar fazendo o que sabia fazer: lutas. 

Em paralelo, ele aproveitou para lançar um álbum de hip-hop, bancado totalmente pela produtora do WWE. O nome do disco, "You Can't See Me" (você não consegue me ver, em tradução livre), que é também a música que ele usa para entrar no ringue, faz referência ao "mortal" golpe que virou sua marca no torneio: ele coloca uma das mãos na frente do rosto do adversário e a balança, como se o oponente não o pudesse ver. E, então, desce a marreta no rival enquanto a torcida vai à loucura.

Chamando a atenção de Hollywood

A fama de John Cena continuava crescendo já em 2010, quando virou tema preferido das trollagens na internet, com memes espalhados pelas redes sociais. Os gifs são ainda mais engraçados. Ele já foi transformado em Super Saiyajin (o guerreiro de Dragon Ball Z), já ficou com expressão perdida enquanto um efeito deixa seu rosto pequenininho, fez careta durante premiação e, claro, teve seu golpe "you can't see me" reverenciado.

De degrau em degrau, ele começou a atrair a atenção da indústria cinematográfica. As primeiras grandes oportunidades foram em participações especiais no icônico programa de humor "Saturday Night Live" e na série "Parks and Recreation", mostrando que levava jeito para a comédia.

Em 2015, estrelou "Descompensada", ao lado de Amy Schumer, e emendou "Pai em Dose Dupla", com Will Ferrell e Mark Wahlberg, e "Irmãs", projeto de Amy Poehler e Tina Fey.

O maior destaque de sua carreira no cinema aconteceu ano passado, e graças também a um brasileiro: Cena virou a voz principal de "O Touro Ferdinando", dirigido por Carlos Saldanha e que concorreu ao Oscar de melhor animação.

Outro acerto em seu repertório foi ao estrelas a comédia "Não Vai Dar", um filme elogiado pela crítica que mostra três pais impedindo suas filhas de transarem no baile de formatura do colégio.

Seguindo os passos de The Rock

Dwayne Johnson é o nome mais bem-sucedido da luta livre e que caiu como uma luva em Hollywood. Nos últimos dois anos, o ator embolsou US$ 130 milhões e levou milhares de pessoas ao cinema com a franquia "Velozes e Furiosos" e o surpreendente "Jumanji: Bem-Vinda à Selva".

John Cena quer seguir os passos do colega de WWE, e vez ou outra tem seu nome ligado a algum projeto. Ele já disse que quer estrelar um spin-off de "Velozes e Furiosos", ao lado de The Rock.

E também já foi confirmado em bons projetos de Hollywood: vai viver Duke Nukem, clássico dos games, em adaptação para o cinema; vai dublar "The Voyage of Doctor  Dolittle", ao lado de Robert Downey  Jr., Tom Holland e Antonio Bandeira; e vai integrar o elenco de "Bumblebee", primeiro spin-off da bilionária saga "Transformers".

Veja abaixo um vídeo da 'luta do século" entre John Cena e Dave Bautista (o Drax de "Guardiões da Galáxia") no WWE.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!