PUBLICIDADE
Topo

Irmão de ex-baterista do Guns chama a banda de "gananciosa e sem coração"

Steve Adler volta ao Guns N" Roses durante indicação ao Hall da Fama do Rock - AP Photo/Tony Dejak
Steve Adler volta ao Guns N' Roses durante indicação ao Hall da Fama do Rock Imagem: AP Photo/Tony Dejak

Do UOL, em São Paulo

02/04/2018 15h33

Jamie Adler, irmão do baterista original do Guns N' Roses, Steven Adler, chamou a banda de "gananciosa" e "sem coração". 

Segundo o site "Alternative Nation", Jamie escreveu em um grupo de fãs do Guns no Facebook que "se Slash, Axl e Duff tivessem 10% do coração deste homem, então talvez ele estaria na turnê com a banda".

Ele continuou a crítica, apontando que, se a banda "tivesse um mínimo de decência, compaixão, amor ao próximo e aceitação", ela teria deixado o ex-baterista tocar mais tempo em show especial realizado na Argentina em 2017.

Steven Adler permaneceu na icônica banda norte-americana entre 1985 e 1990, sendo demitido pelo abuso de drogas. Após alguns anos, ele voltou para uma turnê sob a condição de ficar limpo, mas novamente problemas com o vício o afastaram do quarteto.

Com a reunião do trio original em 2015, Adler ficou de fora, participando de poucos shows com a sua antiga banda e deixando tristes os fãs que esperavam ver o Guns N' Roses saindo em turnê com os integrantes clássicos.

O irmão de Adler ainda disse que o músico nunca esteve tão saudável quanto agora. "Você realmente acha que Steven ficou sóbrio e mudar seu estilo de vida para sentar e não fazer nada? Claro que não! Ele fez isso para finalizar o que começou."