PUBLICIDADE
Topo

Ator diz que diretores demitidos não estavam preparados para "Han Solo"

Alden Ehrenreich na pele do caçador de recompensas Han Solo - Reprodução - Reprodução
Alden Ehrenreich na pele do caçador de recompensas Han Solo
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

26/03/2018 17h44

Imagine estar no meio de um filme e perceber que as coisas não estão funcionando. O descompasso entre direção e equipe era tão grande que culminaria na demissão dos cineastas por não se adaptarem ao estilo que o longa pedia. Foi mais ou menos isso que aconteceu em “Han Solo: Uma História Star Wars”, novo spin-off da saga, que perdeu durante as filmagens os diretores Phil Lord e Chris Miller, substituídos por Ron Howard.

Um dos atores que testemunharam de perto esse furação concordou em falar sobre a conturbada produção do filme à revista “Vulture”, sob a condição de anonimato. No entendimento dele, a dupla de diretores, a mesma dos sucessos de bilheteria como 'Uma Aventura Lego”, “Anjos da Lei”, simplesmente não estava preparada naquele momento para assumir um filme da franquia “Star Wars”.

“Depois da 25ª tomada, os atores ficaram se olhando e pensando: 'Isso está ficando estranho'. Eles [os diretores] pareciam um pouco fora de controle. Definitivamente sentiram a pressão. Com um desses filmes, há muitas pessoas em cima de você o tempo todo. O diretor-assistente era experiente e teve que intervir para ajudá-los a dirigir muitas cenas.”

Joy Fehily, porta-voz dos cineastas, afirmou à "Vulture" que “esta informação é completamente imprecisa”, mas se recusou a comentar mais sobre a demissão. Representantes da Disney não responderam ao pedido de entrevista da revista “Vanity Fair”.

Ainda de acordo com o ator, após ser contratado às pressas, Ron Howard de 64 anos e filmes como "Uma Mente Brilhante" e "Apollo 13" conseguiu tomar rapidamente o controle do projeto, provavelmente devido a seus anos de experiência e pela aptidão com grandes sets de filmagens. "Ele conseguiu respeito imediatamente", disse o ator. "Ele é muito confiante."

A fonte da "Vulture" também confirmou a notícia de o protagonista Alden Ehrenreich sofreu para conseguir encarnar Han Solo em um estilo minimamente parecido com o de Harrison Ford. Para isso, foi preciso contratar “coach” de atuação durante as filmagens. "Você pode ver que a atuação dele ficou mais relaxada. Ele se tornou mais como Harrison. O treinador ajudou!”

Segundo o ator anônimo, a equipe do longa, com a provável exceção dos atores principais, soube da demissão de Lord e Miller lento notícias na internet, assim como os fãs. "Foi uma loucura", disse. “Eles demitiram nossos chefes. Ficamos trocando mensagens: ‘Você viu as notícias? Você acha que vai haver refilmagens?’. Foi confuso. E foi uma loucura como tudo vazou para a imprensa.”

Apesar de todos problemas na produção, “Han Solo: Uma História Star Wars” conseguiu superar a crise e está agendado para estrear no dia 24 de maio no Brasil. Nos Estados Unidos, chega às telas um dia depois. O spin-off da saga criada por George Lucas, que contará a origem de um dos personagens mais carismáticos da franquia, também tem no elenco Woody Harrelson, Emilia Clarke, Donald Glover e Thandie Newton.