Topo

Wiz Khalifa fuma, acende público e distribui baseados infláveis no Lolla

Manuela Scarpa/Brazil News
Wiz Khalifa fuma baseado no palco do Lollapalooza Imagem: Manuela Scarpa/Brazil News

Tiago Dias

Do UOL, em São Paulo

2018-03-25T22:12:56

25/03/2018 22h12

No clima do rap ostentação, o americano Wiz Khalifa fez uma proposta logo que subiu no palco Axe em um dos últimos shows do Lollapalooza Brasil neste domingo: “Vocês querem ficar chapados?” Foi a senha para que a plateia ficasse, digamos, "acesa".

Ostentando um cigarro de maconha dos grandes, o americano deu algumas baforadas e provocou: “Já acenderam um aí?”.

Para quem tinha dúvidas, sim, a maconha é o principal elemento do universo musical do americano. Depois de cantar “Bake Sale”, sobre a produção de bolinhos que levam a erva como ingrediente da receita, ele distribuiu baseados infláveis para a plateia.

O gesto, na verdade, não passava de uma ação de marketing. Aos 30 anos, Khalifa não apenas versa sobre maconha, como é um empreendedor de um mercado em expansão.

Os infláveis levavam estampado sua marca de maconha, Khalifa Kush, vendida em lugares dos Estados Unidos onde o uso medicinal ou recreativo é liberado. O Brasil ainda está longe disso, mas Khalifa nem ligou e continuou a fumar e não raro a tossir no microfone.

Mensagem motivacional

Com uma boa banda segurando a onda, o rapper emendou músicas de seus cinco discos, mas seguiu a tônica dos três dias de festival e também lançou mão de mensagens motivacionais: “Temos que amar uns aos outros. Ninguém vai te amar se você não se amar. Quem aqui se ama?”.

O público cantou junto sucesso como "Black and Yellow" e "We Dem Boyz", mas o americano fez questão de mostrar que não é apenas sobre estar chapado que se trata seu show.

Não faltou o megahit "See You Again", música que estourou mundialmente em 2015, um tributo ao ator Paul Walker (1973-2013), na trilha de “Velozes e Furiosos 7”.

A canção sentimental chegou ao final da apresentação junto de “Young, Wild and Free”, cantada em tom de celebração. “E daí que ficamos bêbados? E daí que fumamos maconha? Nós estamos apenas nos divertindo", emendou. O público queimou a energia até a última ponta.