PUBLICIDADE
Topo

Vão, malandros! Tropkillaz recebe ligação de Anitta e traz baile funk ao Lolla

Anitta faz participação virtual em show do Tropkillaz - Reprodução/Bis
Anitta faz participação virtual em show do Tropkillaz Imagem: Reprodução/Bis

Tiago Dias

Do UOL, em São Paulo

25/03/2018 16h50

Nome em ascensão na cena eletrônica mundial, o duo brasileiro Tropkillaz subiu ao palco Axe neste último dia de Lollapalooza Brasil 2018 fazendo jus ao nome. Batida mais tropical do momento, o funk guiou a apresentação dos produtores André Laudz e Zé Gonzales, que desde as parcerias com Karol Conká, MC Carol e Anitta, vêm incorporando o batidão a um som que já privilegiava o trap e os beats mais pesados da música eletrônica.

"Vai Malandra", hit de Anitta com produção de Yuri Martins e da dupla, apareceu logo no começo da apresentação e incendiou o público com direito a participação da cantora no telão. Em um vídeo, ela apareceu ligando para os produtores para avisar que não poderia ir ao show, mas que mandaria um convidado especial para defender seu hit lançado em dezembro passado.

"Dessa vez eu não estou. Mas quero chamar um amigo meu para representar nossa parceria. Pode ser? Chama o [MC] Zaac aí pra gente", disse Anitta no vídeo, enquanto falava ao telefone.

MC Zaac, que divide os vocais com a cantora no hit, fez as honras em cima da mesa dos DJs e provou que o Lolla está perdendo o bonde ao não dar espaço ao funk na programação.

Tem mais funk no Lolla

E o baile não parou na malandra. Com o auxílio do coletivo de funk carioca Heavy Baile, com direito a dançarinas fazendo quadradinho no palco, a dupla ainda fez o Lolla dançar ao som de MC Gabi ("Não Encosta"), MC GW ("Ritmo Mexicano"), MC Diguinho ("Vem e Brota Aqui na Base") e revelou trecho da nova música de MC Kevinho, anunciada como uma parceria com Major Lazer.

Até os sucessos do rap americano, "God's Plan", do Drake, e "Humble", de Kendrick Lamar, ganharam elementos do nosso batidão. O groove da nova música da dupla, "Milk e Honey", parceria com Aloe Blaac, também agitou a plateia, que ainda ganhou o funk "Bum Bum Tam Tam", de MC Fioti.

No fim do show, houve ainda um discreto coro de "Marielle, presente" puxado pelo Heavy Baile, em homenagem à vereadora carioca Marielle Franco, do PSOL, assassinada este mês no Rio.