PUBLICIDADE
Topo

Steven Spielberg acha que filmes da Netflix não devem concorrer ao Oscar

Steven Spielberg admitiu preocupação com sistemas de streaming - Getty Images
Steven Spielberg admitiu preocupação com sistemas de streaming Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

24/03/2018 17h19

O crescimento dos sistemas de streaming não tem deixado só os canais de TV preocupados. A indústria do cinema já está de olho nos avanços de empresas como Netflix, Hulu e Amazon, que cada vez mais apostam na produção de conteúdo próprio, inclusive com obras disputando prêmios importantes. Caso de "Icarus", que levou o Oscar de Melhor Documentário.

Em entrevista ao canal britânico ITV, o diretor Steven Spielberg, que atualmente tem divulgado o filme "Jogador Nº 1", admitiu preocupação com o crescimento dos filmes feitos exclusivamente para serviços de streaming. "Quando você se compromete a fazer um formato para a TV, você faz um filme para TV. Caso seja um bom programa, você merece um Emmy, mas não um Oscar", disse.

Para o diretor, o espaço dado pelas empreas de streaming é sedutor para jovens cineastas que têm dificuldades em arrecadar grandes orçamentos para seus filmes ou que precisam disputar espaço em mostras internacionais.

"Eu não acredito que filmes que recebem qualificações simbólicas e ficam em cartaz por menos de uma semana em alguns cinemas sejam qualificados para serem indicados pela Academia", concluiu.

Spielberg explicou que a disputa entre TV e cinema é de longa data e que a indústria de Hollywood já está acostumada com a pressão. "Nos anos 50, a TV tirava as pessoas do cinema porque era mais divertido ficar em casa e ver uma comédia do que um filme. Hollywood está acostumada com isso", afirmou.