PUBLICIDADE
Topo

Com atraso no palco eletrônico, Alok vira primeiro headliner brasileiro do Lollapalooza

O DJ brasileiro Alok foi a principal atração do palco eletrônico nesta sexta - Ricardo Matsukawa/UOL
O DJ brasileiro Alok foi a principal atração do palco eletrônico nesta sexta
Imagem: Ricardo Matsukawa/UOL

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

23/03/2018 23h23

Alok, principal atração do palco eletrônico no primeiro dia de Lollapalooza Brasil 2018, teve a ingrata função de dividir o público com o Red Hot Chili Peppers, que tocava na mesma hora no palco Budweiser. Mas o DJ brasileiro se saiu bem.

Com um atraso de mais de 20 minutos, reflexo das atrações anteriores, ele conseguiu "roubar" uma pequena parte do público do Red Hot que já tinha ouvido meia hora de hits dos californianos e se interessou pelos fogos que anunciaram o show do DJ no palco ao lado.

No começo do show, a pista de Alok já estava cheia, mas ainda assim com espaço de sobra para dançar e curtir os hits. "Hear Me Now" abriu a apresentação em uma versão menos suave que a tradicional.

Como o Red Hot Chili Peppers encerrou antes do DJ brasileiro, ele ainda pegou quase todo o público que deixava o Autódromo, já que uma das saídas possíveis obrigatoriamente passa pelo palco Perry's.

Quando estava completando quase uma hora de set, o DJ ainda teve a vantagem de entrar ao vivo em rede nacional pelo canal Multishow, e comemorou no palco, pedindo para o público abaixar e pular em seguida. "Vamos eternizar esse momento."

Nada mal para a estreia de Alok, hoje o maior nome da cena eletrônica nacional, como headliner de um dos palcos do Lollapalooza. "Para mim é um orgulho enorme encerrar o Lollapalooza Brasil e também muito orgulho de dizer que eu sou brasileiro", disse