PUBLICIDADE
Topo

No Lolla, Mac DeMarco faz ode ao lanche de pernil e "enche a cara" de vinho

O cantor canadense Mac DeMarco, que se apresentou ao mesmo tempo que o Red Hot Chili Peppers no Lollapalooza - Ricardo Matsukawa/UOL
O cantor canadense Mac DeMarco, que se apresentou ao mesmo tempo que o Red Hot Chili Peppers no Lollapalooza
Imagem: Ricardo Matsukawa/UOL

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

23/03/2018 22h16

Mac DeMarco começou seu show nesta sexta (23) no Palco Axe do Lollapalooza já tirando onda. "Obrigado vocês que preferiram ver meu show ao do Red Hot Chili Peppers. Esse aqui ao meu lado é o Flea e ali no fundo é o Chad [Smith]", brincou o canadense, em alusão ao baixista e baterista da banda do hit "Can't Stop", que se apresentava no mesmo horário no palco Budweiser.

Mac até arriscou o riff do Red Hot "Can't Stop" várias vezes, antes de sorrir e tomar vinho direto de uma garrafa, levando o público à loucura. "Alguém aqui comeria o pernil do Estadão [tradicional lanchonete no centro de São Paulo]?. É uma criação divina", disse ele, arrancando risadas dos fãs.

DeMarco é provavelmente um dos cantores que mais suam no palco. Literalmente. Antes de executar "My Old Man", ele fez uma pequena maratona correndo ao redor do palco. Depois, plantou bananeira e ainda deu um trago em um cigarro.

Com cara de "louco", o músico mais gente fina do festival passeou por sons delicados com sua guitarra Stratocaster, nunca deixando de lado o vinho, com direito a algumas "babadas simpáticas".

Caso você não conheça o cantor: ele investe em estilo puxado para o jazz e o pop, que ganha forma com a competente banda que o acompanha turnê. Tudo muito simples. Bateria, baixo e um teclado. Nada mais.

Arranjos complexos ensaiadinhos —menos quando ele insistia em tocar "Can't Stop", o que deixava o baterista perdido— deram um toque romântico ao show, com casais abraçados curtindo a apresentação, clima eventualmente quebrado pelas graças do protagonista. E não foram só as dele, diga-se.

No meio do show, o tecladista não se conformou que um fã estivesse fazendo "cosplay" de Wally. E onde está Wally? Quando o telão mostrou o sujeito, que na verdade não lembrava em nada o personagem, todos caíram na risada.

O baterista Joe McMurray também aprontou das suas. Chamou a namorada ao palco -—que disse estar adorando São Paulo— e admitiu que não teve a oportunidade de comer o famoso "lanche de porco" paulista.

Para fechar o show, DeMarco ainda brincou com as letras de "Still Together" e voltou a lembrar o lanche de pernil. Ele tem um sonho: comer sempre o quitute com a namorada sempre que possível.

Para não faltar Red Hot Chili Peppers, Murray foi para o meio da galera e emendou "Under the Bridge". Quem não pôde conferir a original da música no palco ao lado não teve do que reclamar.