PUBLICIDADE
Topo

Bombeiro morre ao tentar apagar incêndio em set de filme com Bruce Willis

David Becker/Getty Images
Imagem: David Becker/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

23/03/2018 08h02

Um bombeiro morreu enquanto tentava apagar um incêndio durante a filmagem de um filme que conta com Bruce Willis. O caso aconteceu na noite de quinta-feira, no Harlem, em Nova York (EUA) e foi reportado pela rede de TV CBS.

Bombeiro morre em set de filme com Bruce Willis - Reprodução/CBS - Reprodução/CBS
Imagem: Reprodução/CBS

O fogo começou cerca de 23h no set do filme "Motherless Brooklyn", que está programado para estrear em 2019 e conta com astros como Bruce Willis, Willem Dafoe e Alec Baldwin, com direção de Edward Norton.

O incêndio aconteceu em um porão de uma casa ocupada apenas para a gravação, que anteriormente foi um local de festas noturnas. Os bombeiros foram chamados e Michael R. Davidson acabou morrendo ao tentar conter as chamas.

Os produtores do filme escreveram uma mensagem em sua homenagem. "Nossas profundas condolências vão para a família de Michael R. Davidson. Um incêndio começou na última noite onde estávamos gravando o filme. Nossa produção estava no fim de um dia de trabalho e havia dezenas de pessoas trabalhando quando notamos fumaça saindo do set e no local onde estávamos. Assim que notamos a fumaça, nossa equipe alertou os bombeiros e começamos a alertar as pessoas para evacuarem o local", descreve a nota.

"Para nossa enorme tristeza, soubemos que um bombeiro perdeu sua vida lutando contra o fogo. Os bombeiros de Nova York são os mais corajosos do mundo, assistimos a eles entrando nas chamas para garantir a segurança de todos e impedir o fogo de se alastrar. Os bombeiros de Nova York são super heróis, temos admiração e gratidão por eles. Nossos corações e solidariedade vão para a família dele", completou o post.

Ainda não se sabe a causa do incêndio. A construção data da década de 1920 e não era considerada adequadamente protegida para casos de incêndio - por isso ele se espalhou rapidamente.

O departamento de bombeiros de Nova York confirmou a morte e informou que Davidson tinha 37 anos. Ele deixa uma mulher e quatro filhos.