PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Mulheres que acusam Steven Seagal de assédio falam sobre o caso pela 1ª vez

Steven Seagal ensinando o pupilo Anderson Silva - Reprodução
Steven Seagal ensinando o pupilo Anderson Silva Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

19/03/2018 14h29

Regina Simons e Faviola Davis, acompanhadas da advogada Lisa Bloom, falaram pela primeira vez em uma coletiva de imprensa nos EUA sobre os casos de assédio sexual cometidos pelo ator Steven Seagal.

Segundo Regina, seu caso ocorreu há 25 anos, quando ela ainda era menor de idade. A vítima relatou que Seagal a convidou para uma festa em sua casa, ele a levou para o seu quarto, beijou o seu pescoço e então a estuprou. Regina afirmou que nunca tinha ficado nua na frente de um homem.

"Eu não era sexualmente ativa ainda. Ele tirou o roupão e a próxima coisa que me lembro é dele dentro de mim. Não houve nada de consensual sobre isso", contou a mulher, que ainda relatou que o ator ofereceu dinheiro a ela após o crime. Ela nunca mais falou com o astro dos filmes de ação.

Já Faviola alega que Seagal beliscou seus mamilos e agarrou sua vagina durante um teste para filme em 2002. "Depois, ele se sentou calmo, como se nada tivesse acontecido. O segurança pessoal de Steven ficou bloqueando a porta e apenas se moveu quando Steven pediu. Eu saí do quarto me sentindo horrível e violentada", analisou a vítima.

A advogada da dupla não disse se elas vão entrar na justiça contra o ator, mas reportaram os casos para a Polícia de Los Angeles. 

Entretenimento