PUBLICIDADE
Topo

Assistente de direção de filme de 007 quer US$ 3,5 mi após acidente no set

Daniel Craig como James Bond em cena de "007 Contra Spectre" - Divulgação
Daniel Craig como James Bond em cena de "007 Contra Spectre" Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

15/03/2018 12h03

Terry Madden, assistente de direção de "007 Contra Spectre", entrou na terça-feira com um processo na justiça britânica exigindo US$ 3,5 milhões de indenização por ter sofrido um grave acidente durante as filmagens, em fevereiro de 2015.

De acordo com a defesa, Madden teve as duas pernas esmagadas ao ser atropelado por uma caminhonete após as filmagens de uma cena na Áustria. O pedido de indenização incluiu os custos do tratamento e as perdas que Madden terá por não poder trabalhar.

O acidente aconteceu em 17 de fevereiro de 2015. Uma câmera operada remotamente estava acoplada em uma Range Rover, filmando uma cena de ação aérea. Após a gravação, o carro perdeu o controle e atingiu Madden, prensando as pernas dele em uma estrutura de câmeras. 

"Eu me sentia privilegiado e orgulhoso em trabalhar e ser parte de uma indústria tão empolgante, às vezes até sacrificando a vida familiar. Então ter a carreira pela qual você trabalhou duro por tantos anos ser arrancada de você em poucos segundos com esse acidente horroroso é algo que destrói a alma. Isso limitou muito a minha mobilidade e agora eu sou incapaz de fazer coisas que eu fazia antes", disse Madden em declaração reproduzida pelo Deadline.

Madden é um dos assistentes de direção mais respeitados de Hollywood, com trabalhos nas franquias de James Bond, X-Men, Jason Bourne e no Universo Cinematográfico da Marvel.