Topo

Geek

Mark Hamill se emociona ao ver Yoda no set de "Os Últimos Jedi"; assista

Reprodução
Luka Skywalker (Mark Hamill) em cena de "Star Wars: Os Últimos Jedi" Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

13/03/2018 10h09

Mark Hamill teve seus problemas com a produção de “Star Wars: Os Últimos Jedi” e chegou a criticar o enredo do filme. No entanto, um vídeo de bastidores mostra outro lado de sua participação. Nele, é possível perceber a emoção que ele teve ao ver o mestre Yoda pela primeira vez no set do filme.

Para este filme, os produtores não quiseram criar um Yoda apenas com efeitos especiais, então ele foi projetado no “mundo real”.

Quando vê o Yoda em ação na gravação da cena, Hamill não esconde a emoção: “Oh, meu Deus. Isso me pegou”, diz ele, no vídeo, possivelmente relembrando seus trabalhos anteriores em Star Wars. “Ainda estou chateado que ele não envelheceu um dia”, brincou Hamill, em seguida, comparando como ele e Yoda envelheceram.

Este vídeo faz parte dos extras que serão lançados ao público, incluindo “The Director and the Jedi”, um making of acompanhando o trabalho de Rian Johnson.

Volta atrás nas críticas

Mark Hamill causou no fim de 2017, quando fez críticas ao enredo de “Os Últimos Jedi”. Na ocasião, ele se desculpou e disse que não devia ter revelado suas “dúvidas e inseguranças” ao público.

Agora, ele retomou o assunto e aprofundou o tema. Durante uma sessão de perguntas e respostas para fãs, afirmou que o problema, para ele, foi não a princípio não reconhecer o Luke Skywlaker que ele viveu nas telas.

“Não houve desgosto nenhum. Era apenas um Luke que eu não entendia. Muita coisa aconteceu. Esse processo de mudança acontece em qualquer filme, sempre há um diálogo entre diretor e ator, e é saudável. Sempre se bate cabeça”, afirmou Hamill, que tinha medo de erros de continuidade para a sequência de Star Wars.

“Olhem, eu falei para o Rian: eu tenho muitas ideias que são realmente terríveis. Eu gostaria de dividir com vocês e de mil, vocês gostariam de uma ou duas. Não era diferente com George Lucas. Eu li o roteiro de ‘Os Últimos Jedi’ e falei: ‘Espere um segundo. Eu achei que estava caminhando para o sofrimento de ir para o lado negro. Perdi uma mão, me vesti de preto, ganhei uma luva... Havia um padrão. Mas sou só um assistente do chefe. Sou muito como vocês. Eu não mando em nada, a Disney manda”, riu o ator. “Mas eu ligo. Eu me desculpo por ter baixado a guarda e expressado minhas questões deste processo, que não pertencem ao público. E eu fiz essas afirmações antes de o filme ser finalizado. E eu acho que é um filme espetacular. Surpreendente, desafiador, tem humor. Deve ser o filme mais complexo desde ‘O Império’.”

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!