Topo

Filmes e séries

Trump quer "força espacial" para defender o planeta; o cinema tem sugestões

Alex Gallardo/AP
Presidente Donald Trump discursa para militares Imagem: Alex Gallardo/AP

Do UOL, em São Paulo

13/03/2018 23h18

Em visita à Califórnia nesta terça (13), onde conferiu protótipos para a construção do polêmico muro que pretende erguer na fronteira com o México, o presidente americano Donald Trump surpreendeu ao revelar seu próximo projeto na área militar. O republicano pretende criar uma nova "força espacial", que se somará às forças aéreas, navais e terrestres do Pentágono. É isso mesmo que você leu: uma tropa espacial para eventuais conflitos e “guerras nas estrelas”.

"Minha nova estratégia nacional para o espaço reconhece que o espaço é um domínio de guerra, assim como o ar e o mar terrestres", disse Trump às tropas na Estação Aérea do Corpo dos Fuzileiros em Miramar, na região de San Diego. "Nós podemos até ter uma força espacial. Estamos fazendo uma tremenda quantidade de trabalho no espaço, e talvez precisemos disso.”

Trump, que espera assim a reduzir o "tremendo volume" de trabalho que os militares e o governo estão fazendo na defesa do espaço, não detalhou como e onde tal força nem quem ela precisaria combater. Aliens? Apenas para não perder o costume, a ideia do republicano acabou virou piada na internet. A revista “The Wrap” chegou até a dar sugestões inspiradas no cinema para a configuração da empreitada.

Segundo a publicação, que fez questão de ignorar a referência óbvia a “Star Wars”, Trump poderia, por exemplo, espelhar-se no sucesso “Guardiões da Galáxia” (2014) e montar uma equipe eclética como a do filme: um guaxinim, uma árvore, um homem cinzento superforte, uma mulher verde igualmente forte e um cara com pistolas a laser. Como o inimigo ainda é desconhecido, nada mais racional do que contar com habilidades variadas.

Outra possibilidade: se a ideia for de fato combater ETs e se eles nada mais forem do que insetos gigantes, o ideal seria fazer como no filme “Starship Troopers” (1997), do cineasta Paul Verhoeven, que recorre a um jovem e astuto físico para tentar resolver o problema: nada menos do que —o já legendário— Neil Patrick Harris.

A “The Wrap” lembra ainda que, caso o filme de invasão alienígena mais realista do mundo seja “Sinais” (2002), de M. Night Shyamalan, uma ótima sugestão seria levar milhões e milhões de litros d´água para o espaço. Explica-se: no longa, as assustadoras criaturas responsáveis por desenhos em plantações na Terra são alérgicas ao líquido.

OK, tudo deu errado e o ataque aconteceu exatamente como no filme “Independence Day” (1996), com os os extraterrestres alvejando logo de cara a Casa Branca, escritório e morada de Donald Trump. Bem, nesse caso, o presidente pode se esconder em seu imenso resort Mar-a-Lago, na Flórida, onde costuma passar os dias de folga. Afinal, como diz a sabedoria popular, o prevenido morreu de velho.