Topo

Geek

Saiba que cenas precisaram ser cortadas de "Pantera Negra"

Divulgação
Forest Whitaker é Zuri em "Pantera Negra" Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

13/03/2018 09h48

Sensação do cinema neste começo de ano, “Pantera Negra” teve de fazer dois ajustes e cortar cenas para ficar do tamanho que diretor e produtores acharam adequado. O responsável por isso foi o editor, Michael Shawver, que admitiu ter sido doloroso tirar trechos da trama -- o resultado foi positivo, vide o mais de US$ 1 bilhão que o filme já arrecadou pelo mundo.

“Com certeza a cena mais dolorosa de cortar foi entre Danai Gurira e Daniel Kaluuya”, disse Shawver, sobre General Okoye e W’Kabi,

“Perto do fim, depois das coisas irem mal e Killmonger estar no controle, estamos falando sobre o que vai acontecer e o que vai acontecer com Wakanda. Eles são atores poderosos e era uma cena incrível, com tantas camadas -- namorado e namorada, general e conselheiro, essas coisas todas. Foi doloroso”, afirmou o editor.

Shawver explica que a prioridade é “ter o dedo no pulso e sentir o que a audiência quer. Nesse ponto do filme, com dois terços passados, é quando os filmes tendem a se arrastar um pouco”. 

A outra cena deletada foi com T’Challa (Chadwick Boseman’s ) e Zuri (Forest Whitaker). “Tinha uma cena que define a relação entre eles. Ela deixava sentir mais a dinâmica pai-filho que aparece mais tarde no filme.”

O editor confirmou que estas serão vistas pelo público. Elas estarão nos DVDs extras, quando “Pantera Negra” for lançado.

Shawver e o diretor Ryan Coogler são parceiros de longa data, desde a faculdade, que cursaram na University of Southern California

“Ryan e eu somos um time por cinco anos, é incrível ver o sucesso que ele atingiu”, disse o editor. “Ele me trouxe para a Marvel e falou: ‘você consegue lidar com esse trabalho?”. À época, ele foi questionado sobre qual era seu filme favorito da Marvel. A resposta foi “Os Vingadores” -- uma opinião que ele deve ter mudado com suas conquistas recentes.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!