PUBLICIDADE
Topo

Episódio clássico de "Os Simpsons" quase foi bem diferente

A paisagem de Springfield, com a Usina Atômica do Sr. Burns ao fundo - Divulgação - FOX
A paisagem de Springfield, com a Usina Atômica do Sr. Burns ao fundo Imagem: Divulgação - FOX

Do UOL, em São Paulo

12/03/2018 12h24

Um dos episódios mais lembrados de "Os Simpsons", batizado de "Quem Atirou no Sr. Burns", que foi dividido em duas partes, quase teve um desfecho bem diferente daquele exibido na TV.

O roteirista Josh Weinstein revelou neste domingo no Twitter o resumo do episódio, escrito em parceria com Bill Oakley. "A história tem que ser basicamente sobre o Sr. Burns fazendo seis inimigos mortais. Obviamente Homer, talvez Bart e, possivelmente, outros personagens importantes como Apu, Barney, etc", diz um trecho.

No episódio que foi a ar, o Sr. Burns constrói um bloqueador solar muito forte, obrigando todos os moradores de Springfield a usarem da energia nuclear da fábrica em que ele é o dono. No texto que não foi exibido, a ideia inicial era a de que o sr. Burns iria comprar muitos terrenos na cidade e derrubá-lo para construir algo muito louco. Entre eles, estava incluso o bar do Moe, o Kwik E-Mart e talvez o apartamento de Patty e Selma.

A ideia do bloqueio do sol, no entanto, funcionou melhor pois irritava todo mundo em Springfield, levantando suspeitas sobre quem poderia ter atirado no sr. Burns.

No texto original, não fica claro quem atirou no dono da fábrica nuclear, porém no episódio que foi ao ar, a responsável é bebê Maggie Simpson, que reage com atirando quando o sr. Burns tenta roubar um de seus doces.