PUBLICIDADE
Topo

Time's Up já ajudou 1,5 mil mulheres em processos contra o assédio sexual

A atriz Reese Witherspoon no tapete vermelho do SAG Awards 2018 - Getty Images
A atriz Reese Witherspoon no tapete vermelho do SAG Awards 2018
Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

09/03/2018 15h21

O movimento Time's Up, criado no início de 2018 como resposta ao movimento #MeToo, já ajudou 1.500 mulheres em processos judiciais contra o assédio sexual. A informação foi revelada pela atriz Reese Whiterspoon em um evento em homenagem ao Dia Internacional da Mulher nesta quinta-feira (8) na sede da ONU, em Nova York.

A missão do movimento é abordar as "desigualdades sistêmicas e injustiças no local de trabalho para as mulheres em todas as indústrias".

Em menos de três meses de existência e com 200 advogados voluntários, o fundo arrecadou US$ 20 milhões que serão usados para financiar os processos judiciais.

De acordo com a atriz, a resposta inicial ao Time's Up foi incrível e a taxa de pessoas que já buscaram ajuda mostra "quantas mais ainda vão precisar desses serviços".

Em seu discurso, Reese disse ainda que as mulheres "não continuarão a fazer o trabalho sem ser devidamente pagas por isso", fazendo referência à disparidade de salários entre homens e mulheres em Hollywood.