PUBLICIDADE
Topo

Revelação de "Me Chame pelo seu Nome" ganha homenagem inusitada no Oscar

O roteirista James Ivory, indicado ao Oscar por "Me Chame pelo seu Nome", usa camisa com o rosto de seu colega de filme, o ator Timothée Chalamet - Frazer Harrison/Getty Images
O roteirista James Ivory, indicado ao Oscar por "Me Chame pelo seu Nome", usa camisa com o rosto de seu colega de filme, o ator Timothée Chalamet Imagem: Frazer Harrison/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

04/03/2018 21h47

Timothée  Chalamet já havia conseguido o título de maior revelação da temporada, indicado ao Oscar de melhor ator por sua performance cheia de nuances como um garoto descobrindo a sexualidade e o primeiro amor em "Me Chame pelo seu Nome". Mas agora o jovem de 22 anos acaba de ganhar também uma menção honrosa pela melhor homenagem já feita no tapete vermelho dos prêmios da Academia.

O roteirista James Ivory, 89, indicado a roteiro adaptado por "Me Chame", mostrou seu apoio ao colega usando uma camisa com o rosto do ator como parte de seu traje de gala.

Timothee Chalamet no tapete vermelho do Oscar 2018 - Frazer Harrison/Getty Images - Frazer Harrison/Getty Images
Timothee Chalamet no tapete vermelho
Imagem: Frazer Harrison/Getty Images

Ivory é o favorito e sua categoria e pode se tornar a pessoa mais velha a ganhar um Oscar. Ele já venceu o Bafta (o "Oscar inglês") e o Critic's  Choice  Awards, e Chalamet tem estado ao lado do veterano durante a temporada de prêmios.

Chalamet pode ser visto também em "Lady Bird: Hora de Voar", que concorre a melhor filme.