Topo

Entretenimento

Tapetão: Grande Rio e Império Serrano não serão mais rebaixadas no Rio

Do UOL, em São Paulo

28/02/2018 22h12

As escolas Grande Rio e Império Serrano, últimas colocadas no Carnaval 2018 do Rio, não serão mais rebaixadas do Grupo Especial. A decisão foi tomada na noite desta quarta (28) na capital fluminense em reunião da Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba).

A votação, que contou com participação de todas as escolas da elite carioca, terminou em 10 votos a 2 em favor da permanência. Portela e Mangueira foram as únicas agremiações que se posicionaram contra ao "tapetão".

A definição é fruto de um recurso apresentado pela Grande Rio, que argumentou ter sua apresentação comprometida pela quebra de um de seus carros alegóricos ainda na concentração. A alegoria conseguiu desfilar. A Império Serrano, que não apresentou problemas no desfile, acabou sendo beneficiada.

Para permanecer na elite, a Grande Rio se baseou no precedente aberto em 2017 pela Unidos da Tijuca. A escola solicitou a permanência no Grupo Especial após sofrer um acidente em uma de suas alegorias, que desabou durante a apresentação ferindo 12 integrantes.

Com a decisão, o Carnaval 2019 do Grupo Especial terá 14 agremiações: Beija-Flor, Paraíso do Tuiuti, Salgueiro, Portela, Mangueira, Mocidade, Unidos da Tijuca, Imperatriz Leopoldinense, Unidos de Vila Isabel, União da Ilha do Governador, São Clemente, Acadêmicos do Grande Rio, Império Serrano e Unidos do Viradouro.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento