Topo

Filmes e séries

Netflix planeja 700 produções originais para 2018 ao custo de US$ 8 bilhões

Divulgação/Netflix
Foto de "Dark", série alemã da Netflix Imagem: Divulgação/Netflix

Do UOL, em São Paulo

27/02/2018 16h37

A Netflix anunciou nesta terça-feira (27) que planeja investir US$ 8 bilhões em 700 produções originais só em 2018. As altas cifras, reveladas pelo diretor financeiro David Wells em uma conferência em San Francisco, incluem filmes e séries compradas pela gigante do streaming, como é o caso da série alemã "Dark" e "O Mecanismo", série brasileira criada por José Padilha ("Tropa de Elite") e Elena Soarez ("Eu Tu Eles").

"Vamos continuar acrescentando conteúdo -- está funcionando e gera crescimento", garantiu o chefão da plataforma. A Netflix fechou 2017 com 117,6 milhões de assinantes em todo mundo. "Há mais não-membros do que assinantes -- essa é a nossa oportunidade", garantiu Wells, que usou como parâmetro o estimado de 700 milhões de usuários globais "disponíveis".

Além do alto investimento em produções originais, a Netflix já havia anunciado no mês passado que iria aumentar os investimentos em marketing em mais de 50% neste ano. Em 2018, o valor saltou de US$ 1,3 bilhão para US$ 2 bilhões.

"Costumávamos acreditar que era melhor gastar com conteúdo, mas o marketing multiplica o valor que gastamos com conteúdo", explicou o executivo quando questionado sobre a decisão.

Apesar do alto investimento em conteúdo original, David Wells nega que o serviço tenha a intenção de oferecer apenas esse tipo de produção. "Não acho que vamos chegar a 100%, mas pode ser que passe dos 50%", explicou sobre o crescimento exponencial recente. Há alguns anos, a previsão é de que A Netflix oferecesse 50% de conteúdo licenciado e 50% de conteúdo original.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!