Topo

Geek

Robôs ou vermelhos: veja como os minions poderiam ter sido criados

Designer de personagem de Eric Guillon/Reprodução Vanity Fair
Conceito para criação dos Minions, que poderia ter sido robôs Imagem: Designer de personagem de Eric Guillon/Reprodução Vanity Fair

Do UOL, em São Paulo

21/02/2018 10h39

Os minions são facilmente reconhecidos. Afinal, não existem muito seres amarelos, baixinhos e olhudos por aí. Mas os assistentes do ex-vilão Gru por muito pouco não surgiram com um visual bem diferente.

Designer de personagem de Eric Guillon/Reprodução Vanity Fair
Primeira versão dos minions: trabalhadores em miniatura Imagem: Designer de personagem de Eric Guillon/Reprodução Vanity Fair
Nesta quarta-feira, a Vanity Fair publicou as fotos do estudo dos personagens, que apareceram pela primeira vez em "Meu Malvado Favorito". E eles tinham um visual diferente daquele que acabou indo para as telas de cinema.

Na primeira versão, os minions tinham a aparência de trabalhadores, só que eram muito pequenos, para contrastar com a altura de Gru. Depois, com o desenvolvimento do filme, eles foram transformados em robôs com um único olho. 

Os criadores de "Meu Malvado Favorito" fizeram uma nova mudança, deixando os robôs com uma aparência mais humana. Algumas cores de personagem foram estudadas, inclusive o vermelho, até eles terem a aparência que todos nós conhecemos.

Designer de personagem de Eric Guillon/Reprodução Vanity Fair
Minions poderiam ter sido vermelhos Imagem: Designer de personagem de Eric Guillon/Reprodução Vanity Fair
 Com o sucesso em "Meu Malvado Favorito", os personagens ganharam uma importância maior nas duas continuações da saga e até estrelaram um filme próprio, "Minions".

Os personagens foram criados pelo designer Eric Guillon e pelos diretores Pierre Coffin e Chris Renaud.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!