Topo

Música

Fergie sensualiza com o hino americano, desafina e recebe críticas na web

Allen Berezovsky/Getty Images
Fergie canta o hino americano durante o All-Star Game da NBA, em Los Angeles Imagem: Allen Berezovsky/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

19/02/2018 11h04

Fergie foi a estrela escolhida para cantar o hino americano na abertura do Jogo das Estrelas da NBA, no último domingo (18), mas sua performance não agradou aos espectadores.

Durante a transmissão televisiva, foi possível ver as expressões de incredulidade entre o público. Já nas redes sociais, famosos e anônimos criticaram o tratamento sensual que a cantora deu ao hino e a falta de afinação que ela exibiu em certos momentos – classificando o momento como “a pior execução já feita” do hino.

A atriz Leslie Jones, de “As Caça-Fantasmas”, foi uma das críticas. “Eu saio por alguns dias e vocês perdem a p**** da cabeça. Por que isso aconteceu? Nem todo mundo pode fazer isso! Vocês podiam ter me pedido para cantar”, escreveu ela em seu Twitter.

“O hino da Fergie acordou porcos e ovelhas por toda a América”, escreve na rede social o ator Bob Saget, de “Três É Demais”.

O comediante Johnny Taylor Jr. brincou: “Não sei ao certo o que a Fergie queria com a apresentação do hino, mas se era ‘a mãe bêbada do meu amigo sendo sexy’, ela acertou”.

A versão do hino de Fergie foi comparada até o sensual “Parabéns Pra Você” que Marilyn Monroe cantou para John F. Kennedy. “Eu vi o hino nacional ser cantado centenas de vezes, mas nunca no ritmo do ‘Happy Birthday Mr. President’. Parabéns, Fergie”, escreveu a escritora Molly Knight.

Veja abaixo mais reações:

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!