Topo

Filmes e séries

487 filmes: Irmão de Julia Roberts é o ator que mais trabalha em Hollywood

Divulgação
Eric Roberts em cena de "Um Homem Contra Wall Street" Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

05/02/2018 04h00

O ator Eric Roberts, 61, não ficou tão famoso quanto a irmã, Julia Roberts, mas pode ser considerado um dos artistas que mais trabalham em Hollywood.

Depois de uma carreira promissora, com indicações ao Oscar de melhor ator coadjuvante em "Expresso Para o Inferno" (1985), além de outras indicações para Globos de Ouro e Emmys, há anos que o ator não faz nada relevante, embora só no último ano tenha trabalhado em 74 filmes. Desde 1978 ele fez participações em cerca de 487 produções, entre filmes, telefilmes e séries de TV. É muito filme!

Um desses, inclusive, foi o desconhecido "Black Wake", filmado em 2015, e estrelado pela modelo brasileira Nana Gouvêa, ainda não lançado.

Em uma reportagem publicada pela revista "Vanity Fair", afirma que o ator já gravou três filmes diferentes no mesmo dia, literalmente correndo de um set para o outro.

Em entrevista à revista, Eric comentou sobre a sua carreira. "Não sou uma 'estrela'. Sou ator". O texto revelou ainda como o ator lidou com décadas de vício em drogas, além de um acidente de carro que o deixou em coma por três dias, com sequêlas neurológicas só superadas após meses de terapia. "Eu ia conversar com gente como Oliver Stone, Sean Penn e estava doidão. Eu conheci Woody Allen muito chapado e ele me dispensou. Eu fiz isso por quase 10 anos".

O ator revelou que continuou usando drogas até que sua mulher disse: "Ou sou eu, ou a cocaína", quando se desintoxicou em 2010. "Quando eu sofri o acidente de carro, eu estava com a cabeça cheia de cocaína. Fiquei em coma, minha voz ficou lenta. Eu tive que aprender como andar e falar novamente. Foi muito difícil".

Por fim, Eric comentou sobre a sua conturbada relação com a irmã Julia. "Eu era doido pela minha irmã. Eu a amava, eu a adorava. Ela era preciosa para mim. Nós dois nos sentíamos protegidos um pelo outro", contou. Mas o vício nas drogas afastou os irmãos. A relação só foi retomada em 2004, quando Julia teve seus filhos gêmeos. "Eu fui com a minha mulher ao hospital só para deixar os presentes. Ao invés disso, ela me chamou ao quarto e imediatamente fui inundado com amor fraternal e de tio". Desde então, Eric e Julia se encontram nos jantares de Ação de Graça e são "amigos de e-mail".

Três filmes realmente bons

Rei dos Ciganos (1978)
Eric Roberts interpreta o personagem principal Dave e retrata a vida criminosa de um grupo de ciganos. O ator foi indicado ao Globo de Ouro de melhor ator em filme dramático.

Star 80 (1983)
Neste drama baseado em fatos reais, Eric interpreta Paul Snider, um vigarista que usa uma modelo para entrar no mundo do show business. O ator foi indicado ao Globo de Ouro na categoria de melhor atuação em filme de drama

Batman: O Cavaleiro das Trevas (2008)
Eric Roberts voltou aos holofotes em grande estilo neste filme do Batman. Ele interpreta o vilão Salvatori Maroni, chefe da facção mafiosa Falcone. É ele o responsável por desfigurar Harvey Dent e transformá-lo em duas caras.

Três filmes não tão bons assim

A Centopéia Humana 3 (2015)
O primeiro filme da franquia já tinha sido um desastre. Neste terceiro episódio, Eric Roberts dá vida ao Governador Hughes, um dos vilões de uma trama grotesca que envolve experimentos com seres humanos. O long-metragem também conta a presença da atriz pornô Bree Olson.

The Demonic Dead (2017)
Outro típico exemplo de filme B na carreira de Eric Roberts. O longa conta a história de um demônio que possui o corpo de uma mulher e passa a cometer uma série de crimes. Roberts interpreta o Diabo no filme.

The Butcher (2009)
Parece que filmes de ação não são o forte de Eric Roberts. Neste longa-metragem, lançado direto em DVD, ele interpreta o personagem Merle Hench, um capanga do gangster Murdoch. Quando ele acusado pela queda do chefão, ele precisa sobreviver e buscar sua vingança.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!