Topo

Filmes e séries

Uma Thurman revela abuso sexual por Weinstein e acidente em "Kill Bill"

Reprodução/IMDB
A atriz Uma Thurman em cena do longa-metragem "Kill Bill: Volume 1" Imagem: Reprodução/IMDB

Do UOL, em São Paulo

03/02/2018 16h08

A atriz americana Uma Thurman falou pela primeira vez sobre o assédio sexual que sofreu há alguns anos e revelou a identidade do seu agressor: o produtor Harvey Weinstein.

Pivô do levante hollywoodiano contra o assédio sexual na indústria do cinema, o executivo se aproximou de Thurman logo após o sucesso de “Pulp Fiction”. O filme de Quentin Tarantino marcou a carreira da atriz e foi uma das produções de maior sucesso da carreira de Weinstein.

Em entrevista ao “The New York Times”, a atriz revelou que a primeira investida do magnata aconteceu em um hotel em Paris. Eles conversavam sobre um novo roteiro quando o produtor surgiu de roupão – detalhe que une as histórias de muitas de suas vítimas – a convidando para continuar a conversa na sauna. Thurman relembra que o episódio foi constrangedor e o produtor ficou envergonhado.

Pouco tempos depois, no entanto, em um hotel em Londres, ela conta ter sido forçada a ter relações sexuais com ele. "Ele me empurrou para baixo. Tentou se jogar sobre mim. Tentou se exibir. Fez todo tipo de coisa desagradável”, revela. Weinstein teria ameaçado estragar sua carreira, caso ela revelasse o episódio. O produtor confirmou ao “New York Times” que pediu desculpas a Thurman pelo que chamou de "interpretação errônea de seus sinais".

“Eu tenho um sentimento complicado por Harvey e que é muito ruim depois de ouvir sobre tantas mulheres que foram atacadas depois de mim” revelou. “Quentin [Tarantino] chamou Harvey para ser o produtor de ‘Kill Bill’, um filme que simboliza o empoderamento feminino. E tudo isso foi por água abaixo, porque eles acreditavam que ninguém faria nada de errado, mas eles fizeram.”

Reprodução
Imagens do acidente durante as filmagens de "Kill Bill" foram divulgadas apenas agora Imagem: Reprodução
Acidente em "Kill Bill"

O relato, no entanto, não para em Weinstein. Tida como amiga pessoal de Tarantino, a atriz descreveu seu trabalho no set de “Kill Bill” como uma forma de abuso, mesmo que não sexual. “Harvey atacou-me mas isso não me matou", disse.

Thurman se acidentou durante a gravação da cena em que dirige um Karman Ghia em alta velocidade para finalmente matar Bill (David Carrandine) e saiu do set com o pescoço e os joelhos machucados.

A atriz conta ter ficado sabendo pela equipe que o carro havia sido modificado e não era seguro. "Quentin veio no meu trailer e não gostou de ouvir um ‘não’, como qualquer diretor", diz ela. "Ele disse: ‘Eu prometo a você que o carro está ótimo. É um pedaço de estrada reta'”.

Durante a filmagem, o carro perdeu a direção e bateu em uma palmeira. O vídeo inédito do acidente foi divulgado só agora pelo jornal e mostra o início da cena e a colisão. Thurman aparece com o torso contorcido, enquanto membros da equipe tentam retirá-la do carro. Tarantino também aparece nas imagens.

"Quando eles se viraram contra mim após o acidente, eu fui de colaboradora criativa [como Tarantino a chamava no lançamento de ‘Kill Bill’] a uma ferramenta quebrada", observa a atriz. "O que me afetou mesmo quanto ao acidente foi sentir que tinha sido agredida de tal forma que ficara vulnerável."

Thurman conta que passou os últimos 15 anos brigando para que a Miramax, produtora dos irmãos Weinstein, liberasse as imagens das filmagens que provassem que o acidente realmente havia acontecido.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!