Topo

Grammy

Chefão do Grammy anuncia medidas para avanço feminino na música

Getty Images
Alicia Keys, Clive Davis, Jay-Z e Neil Portnow em evento de gala pré-Grammy, em Nova York Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

01/02/2018 22h24

O presidente da Academia de Gravação dos Estados Unidos, Neil Portnow, divulgou uma carta nesta quinta-feira (1º) anunciando mudanças na instituição depois de uma polêmica pós-Grammy levantada por uma resposta dele sobre as artistas femininas. Na ocasião, o chefão da premiação afirmou que as mulheres precisavam melhorar.

Portnow agora anuncia uma força-tarefa independente para corrigir os erros da instituição baseados nos "preconceitos inconscientes". O objetivo é promover "o avanço feminino na comunidade musical".

Em um contexto de reivindicação social a favor da igualdade de gênero e em pleno auge do movimento "Time's Up" contra o abuso sexual, a imprensa perguntou ao presidente da Academia de Gravação logo após a premiação, no domingo (28), sobre o baixo número de mulheres vencedoras e indicadas às principais categorias. Apenas Alessia Cara levou um prêmio de destaque na cerimônia.

A resposta de Neil Portnow desencadeou um terremoto. A mudança "tem que começar pelas mulheres que têm a criatividade em seu coração e em sua alma, que querem ser artistas, engenheiras, produtoras, que querem fazer parte da indústria a nível executivo, deem um passo à frente", disse o presidente da Academia, sendo prontamente rebatido por várias artistas.

Leia a carta na íntegra:

"A Academia de Gravação vai iniciar uma força-tarefa independente para analisar todos os aspectos do que fazemos como organização e identificar onde podemos fazer mais para superar as barreiras explícitas e os preconceitos inconscientes que impedem o avanço feminino na comunidade musical. Nós também nos colocamos sob um microscópio e enfrentaremos nossos próprios problemas. Acho válido que a questão do viés de gênero seja abordada em nossa indústria nesse momento e acredito na urgência de atacá-la de frente. Nós, como uma organização, e eu, como seu líder, temos o compromisso de fazer isso. Vamos compartilhar mais informações sobre as próximas etapas nos próximos dias".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!