Topo

Entretenimento

Ex-secretária de cultura da Coreia do Sul é condenada a dois anos de prisão

Do UOL, em São Paulo

23/01/2018 10h44

A ex-secretária de cultura da Coreia do Sul, Cho Yoon-sun, foi condenada a dois anos de prisão por conspiração na produção de uma lista negra patrocinada pelo governo, que excluía do financiamento governamental os artistas que não apoiaram a ex-presidente Park Geun-hye.

Emarço de 2017, a ex-presidente sofreu um impeachment por causa dessa e de outras graves acusações de corrupção.

Segundo uma reportagem publicada no site da revista "The Hollywood Reporter" afirmou que a lista tinha mais de 10 mil artistas, incluindo o diretor Park do filme "Oldboy", Chan-wook, e atores como Song Kang-ho e o romancista vencedor do Man Booker Price, Han Kang.

Além de Cho, o tribunal sul-coreano também considerado o chefe de gabinete de Park, Kim Ki-Choon, culpado por ser cúmplice no caso.

 

 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento