Topo

Comic Con Experience

O que só viu quem passou pela CCXP 2017 (mas a gente conta aqui)

Mariana Pekin/UOL
Público capricha no cosplay no primeiro dia de CCXP Imagem: Mariana Pekin/UOL

Do UOL, em São Paulo

11/12/2017 04h00

E lá se foi mais uma CCXP (Comic Con Experience). A edição deste ano da feira destinada ao universo geek e cultura pop trouxe muitas novidades e mais de 227 mil pessoas, que percorreram os corredores da São Paulo Expo em quatro dias de evento.

Quem ficou em casa pôde acompanhar por redes sociais e mídias oficiais lançamentos de filmes, séries, HQs e animes, entre outros. Mas também teve muita coisa que só quem esteve por lá viu.

A gente conta o que rolou.

O começo de "Maze Runner"

Mariana Pekin/UOL
Dylan O'Brien apresenta cenas do novo "Maze Runner" na CCXP 2017 Imagem: Mariana Pekin/UOL

Dylan O'Brian é fofo? É. Mas além da participação da estrela de "Maze Runner: A Cura Mortal", os primeiros 11 minutos do filme foram exibidos na CCXP. Só lá dentro e em nenhum outro lugar. A cena mostrou a perseguição e o resgate de prisioneiros em um trem em movimento. "Parece que a cena tem 2 horas de duração, de tanta coisa que acontece, mas são poucos minutos", comentou o galã junto ao público presente no auditório.

Fernanda Montenegro geek

Mariana Pekin/UOL
A atriz Fernanda Montenegro é homenageada na CCXP 2017 Imagem: Mariana Pekin/UOL

Homenageada da CCXP 2017, Fernandona estava toda diva de branco --parecia até uma respeitada mestre Jedi-- para receber o prêmio da edição. Para quem achou que a atriz de 88 anos ficaria como peixe fora d'água, ela garantiu que é nerd. "Claro, tenho formação em história em quadrinhos. Eu li Flash Gordon, O Fantasma, [Dick] Tracy, O Príncipe Submarino, Jeca Tatu. Eu ia ao jornaleiro e pedia: 'Já saiu o suplemento juvenil?', era como a gente chamava nos anos 30".

Fila(s)

Natalia Engler/UOL
Quer uma varinha do Harry Potter? Entre nessa fila de 3 horas! Imagem: Natalia Engler/UOL

Quem passou pela loja oficial do Harry Potter --aquela abençoada pela própria J.K. Rowling-- ficou com vontade de jogar um Avada Kedrava em todo mundo: você podia até chegar cedo, mas de nada adiantava. As filas eram enormes, beiravam 3h de espera, e o preço... uma varinha saía R$ 440. Mas não pense que era só na loja do bruxinho. Qualquer lugar da CCXP tinha fila, do banheiro à lanchonete, incluindo fila para pegar refrigerante grátis. Haja pernas para os geeks.

Estreia de "Viva - A Vida é uma Festa"

Reprodução
Cena do filme "Viva: A Vida é uma Festa" Imagem: Reprodução

O sábado de CCXP começou movimentado com a première nacional de "Viva - A Vida é uma Festa", nova aposta da Pixar-Disney que chega em janeiro nos cinemas. Um auditório lotado viu a aventura emocionante de Miguel em busca de seu sonho: ser um músico. Enquanto isso, o tema da morte é debatido de uma maneira certeira. Spoiler: muitos lenços de papel em olhos emocionados foram vistos durante a sessão.

Trailer de Pantera Negra

Kwaku Alston/Marvel
Danai Gurira, que vive Okoye em "Pantera Negra" Imagem: Kwaku Alston/Marvel

A Marvel veio com tudo. No painel, que contou com participação ao vivo em vídeo do diretor Ryan Coogler e o chefão Kevin Feige, um trailer inédito do filme do Pantera Negra mostrou T'Challa perseguindo o Garra Sônica, T'Challa lutando contra guerreiros rivais, T'Challa atrás de mercenários e --finalmente-- T'Challa confrontando Erik Kilmonger. Ufa! Para fechar, um sortudo que chegou de madrugada para o painel e dormiu na fila vai até Los Angeles para acompanhar a estreia do filme. Valeu a pena tanto esforço.

Venom

Rodolfo Vicentini/UOL
"Nós somos Venom", diz imagem no painel da Sony, sobre o filme Imagem: Rodolfo Vicentini/UOL

Um dos filmes mais aguardados da Marvel, "Venom" foi a maior surpresa do painel da Sony no sábado. Além de mostrar o logo oficial do filme, não é que Tom Hardy e o diretor Ruben Fleischer participaram de uma live com quem lotou o auditório? "Olá, Brasil! Olha quanta gente!", disse o protagonista do primeiro filme solo do vilão do Homem-Aranha. O ator usou uma camiseta oficial de "Venom", com logo da CCXP, que depois foi distribuída para o público. Em meio ao desespero para conseguir uma camiseta exclusiva (que a produção disse haver para todo mundo, mas o seguro morreu de velho), um bandeirão gigante com a máscara do herói surgiu de repente.

Will Smith da galera
 

 

GENTE! O Will Smith veio aqui no meu estande fazer uma surpresa para a galera! #BRIGHT #NetflixCCXP

Uma publicação compartilhada por Netflix Brasil (@netflixbrasil)

 

em

Tinha um maluco no pedaço da CCXP e era o Will Smith. O ator, que veio para apresentar o filme "Bright", deu um rolê fantasiado de orc e depois subiu no estande da Netflix para revelar sua verdadeira identidade. Claro que todo mundo gritou, alguns choraram e a comoção foi gigantesca. Outro material inédito: a exibição de "Bright", produção protagonizada por ele com direção de David Ayer ("Esquadrão Suicida").

Artist's Alley

Reprodução
Artist's Alley sempre com seus destaques Imagem: Reprodução

É chover no molhado falar que uma das partes mais legais do maior evento geek do Brasil é o Artist's Alley. Mais de 500 quadrinistas se espalharam pelo local mostrando seu trabalho, desde gente nova buscando um espaço no mundo das HQs até mestres do desenho, como o mexicano Carlos Pacheco ("Vingadores" e "X-Men") e o especialista em terror Ben Templesmith. Pelo lado brasileiro, Ivan Reis (Marvel) e Carlos Ruas (criador das tirinhas online "Um Domingo Qualquer") foram alguns dos destaques do espaço.

Alicia no país da CCXP

Reprodução
Primeira vencedora do Oscar na CCXP! Imagem: Reprodução

Primeira vencedora do Oscar na CCXP, Alicia Vikander veio ao Brasil para divulgar "Tomb Raider" e arrebatou o coração de muita gente. Só não conquistou mais porque não levou ao palco o maridão Michael Fassbender, que veio ao país acompanhando a atriz. "Lara Croft está com a gente há muito tempo, mas era preciso um reboot, porque o mundo mudou, e precisávamos de alguém mais completo, com quem tanto meninos quanto meninas pudessem se identificar", disse a atriz sueca.