Entretenimento

"Crianças estão mais espertas que dez anos atrás", diz cocriador de Ben 10

Divulgação
O novo "Ben 10", lançado pela Cartoon Network Imagem: Divulgação

Fernanda Ezabella

Colaboração para o UOL, em Los Angeles

12/10/2017 15h45

"O que faria uma criança nesta situação?". A pergunta vem do americano Steven T. Seagle, um dos criadores de "Ben 10", o mais longevo programa original do canal a cabo Cartoon Network. A "situação", no caso, é um relógio alienígena que pode transformar seu usuário em dez super-heróis de outros planetas, tema do desenho sobre o garoto de dez anos.

"É esta pergunta que guia nossas histórias e personagens. Estamos constantemente observando as crianças, o que elas gostam de fazer, de brincar, o que pensam, com o que se importam. Conversamos muito com elas, principalmente nos eventos", explica Seagle ao UOL na sede da Cartoon, em Los Angeles, um prédio repleto de brinquedos para adultos, como videogames novos e antigos, além de uma popular máquina de fazer panquecas. "Você precisa deixar de lado seu cérebro de adulto, e deixar seu cérebro de menino pirar."

"Ben 10" teve sua estreia 11 anos atrás e chegou a ser o desenho mais visto do canal na faixa etária entre 4 e 11 anos, liderando uma franquia global de produtos de US$ 4,5 bilhões. Em 2017, ganhou uma nova versão, mais curta (11 minutos em vez de 22) e com mais humor, um jogo de celular, um canal no YouTube e um aplicativo que tira fotos transformando a pessoa nos alienígenas do programa.

As novidades chegam para atrair uma nova audiência para "Ben 10", mais interessada em outras plataformas e não apenas no desenho. "As crianças estão mais espertas e conscientes do que dez anos atrás. Se elas estão interessadas em algo, elas descobrem tudo imediatamente e ficam exaustas imediatamente também", diz Seagle, um dos fundadores do coletivo Man of Action, especializado em quadrinhos e animações. "Elas também pegam comédia mais facilmente hoje. Os desenhos em geral ficaram mais engraçados nos últimos anos."

Uma das principais mudanças no programa é mais participação nas aventuras da prima de Ben, Gwen, também de 10 anos, e nas personalidades dos alienígenas, que ganharam mais características do próprio Ben. "Agora é mais um alien comandado por um garoto de dez anos, e menos um garoto de dez anos que vira um alien", explica Seagle, que tem entre seus favoritos o Quatro Braços, um super-herói de braços enormes, e o Chama, que solta fogo.

"Fui um garoto magricela, e sou um adulto magricela, então a ideia de ser musculoso e ter quatro braços parece uma fantasia de criança que faz bastante sentido", brinca. "Fora que seu nome parece que foi dado por um moleque de dez anos. E ter quatro, em vez de dois braços gigantes, parece algo que ele desenharia também."

O piloto para "Ben 10" surgiu após a Cartoon procurar estúdios para criar um desenho de super-heróis. Ao ouvir que os executivos do canal matavam as ideias logo no começo das apresentações, o coletivo de Seagle levou 20 propostas e mostrou todas em 20 minutos. "Ben 10" foi o escolhido de cara. "Eles nem queriam ouvir as outras ideias, mas insistimos para apresentar tudo", lembra.

"Acho que eles gostaram de 'Ben' porque tinha muita ação e vários heróis para brincar. Mas, no fundo, é sobre você já ter o que você precisa. Não precisamos de um monte de coisas. E mesmo se tivermos, é você quem vai salvar o dia, e não um monte de coisas."

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo