Entretenimento

Treta dos dubladores: ex-sócio acusa voz de Batman de fraude e assédio

Montagem/Reprodução/YouTube/Facebook
Marcelo Rezende, sócio de Marcio Seixas no curso Fórmula da Comunicação Envolvente Imagem: Montagem/Reprodução/YouTube/Facebook

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

22/08/2017 14h41

Um escândalo mexe com o mundo da dublagem no Brasil desde a semana passada. A briga entre Márcio Seixas, mais conhecido como a voz do Batman no país, e Marcelo Rezende, locutor e jornalista que foi seu ex-sócio na Fórmula da Comunicação Envolvente, superou o mundo corporativo, se espalhou nas redes sociais e dividiu o universo dos dubladores. Rezende (não confundir com o homônimo que é apresentador da Record) publicou 37 vídeos no YouTube acusando o agora ex-amigo de fraude, má condução administrativa e até assédio sexual. 

O primeiro vídeo foi postado em 10 de agosto, um dia após o dublador ter denunciado no Facebook que a página da Fórmula da Comunicação Envolvente havia sido invadida e utilizada sem autorização dele. O ex-sócio desmentiu mostrando os acessos de Seixas na rede social.

"A gota d’água foi quando ele forjou documentos para tomar a página do Facebook que eu criei e mantinha. Ele deletou as minhas postagens e publicou vídeos acusatórios, para fazer com que as pessoas ficassem contra mim, como se ele fosse vítima. E elas entenderam o recado, dizendo 'aquele cara é um estelionatário'.  Ele estava enganando as pessoas e fazendo acusações falsas para tomar o negócio que criamos juntos durante quase quatro anos e ficar com isso só para ele e a família", acusa Rezende em entrevista ao UOL na última sexta-feira (18).

Rezende também acusa Seixas de ignorar uma prestação de contas de mais de R$ 200 mil e uma notificação extrajudicial enviada, por meio de advogados, ao dublador e sua mulher. Outra queixa do locutor é que Seixas teria descumprido o contrato que atribuía ao sócio abastecer as redes sociais do curso com vídeos e áudios. Procurado pelo UOL, Márcio Seixas, por meio de sua equipe, respondeu que não concederá entrevistas porque "o caso em questão está 'sub judice', é objeto de processos judiciais que tramitam sob segredo de Justiça".

Nos vídeos que publicou no YouTube, Rezende divulga áudios de WhatsApp atribuídos a Seixas nos quais ele faz xingamentos, critica parentes, dubladores e fãs e revela casos extraconjugais com alunas do curso que mantinham juntos. Segundo ele, o dublador de 72 anos contratou uma das supostas amantes para trabalhar no curso, que formou duas turmas, em 2015 e 2016. "Quando eu soube disso, fiz uma advertência séria: ‘Vamos retirar imediatamente essas mulheres daqui, elas não fazem mais parte da Fórmula da Comunicação Envolvente’".

Rezende diz ter sugerido seis propostas para romper a parceria, incluindo a venda de sua parte para Seixas, porém o dublador recusou todas. O fim da sociedade se decidirá nos tribunais. 

"Racha" entre Batman e Superman

Após a divulgação dos vídeos, profissionais de dublagem se dividiram quanto a apoiar ou criticar Márcio Seixas. Guilherme Briggs, voz do Superman e considerado "inimigo" por Seixas, escreveu no Twitter que quer distância do dublador do Batman.

"Muitas pessoas ainda me perguntando sobre minha relação pessoal e de trabalho com o dublador e locutor Márcio Seixas (Batman). Não tenho mais relação com o Márcio, nem pessoal, de amizade ou profissional. Quero distância total dele e de tudo relacionado a ele. É só isso que tenho para falar sobre esse assunto, meus queridos. Vamos conversar sobre outras coisas, por favor. Obrigado pela compreensão", disse.

Zodja Pereira, sócia do estúdio Dubrasil, em São Paulo, defendeu o colega no Facebook: "Lamentamos profundamente esta campanha desrespeitosa contra o profissional Márcio Seixas!". Mariangela Cantú, voz de Marge Simpson e Carmen Sandiego, endossou o apoio ao dublador e criticou Marcelo Rezende: "Esse mesmo Márcio que as pessoas tanto estão odiando, exposto por um ex-sócio mau-caráter, deixou na minha portaria há duas semanas uma enorme sacola de cobertores e casacos para dar aos pobres. Defeitos... Todos temos. Falar mal dos outros... Todos falam. Mas destruir uma reputação... Isso é para canalhas de muito baixo nível".

Christiano Torreão, dublador de Leonardo DiCaprio, considerou que os dois sócios da Fórmula da Comunicação Envolvente estão errados: "Eu tenho preguiça disso tudo. E o Batman nem falou mal do Coringa. Totalmente desnecessário isso tudo. Ambos estão errados em suas atitudes".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo