Topo

Entretenimento

Trump bloqueia Stephen King no Twitter, e J.K. Rowling oferece ajuda

AP
O escritor Stephen King chateado com Trump Imagem: AP

Do UOL, em São Paulo

13/06/2017 17h34

O clube dos escritores parece mais unido do que nunca. O mestre do suspense e do horror Stephen King revelou nesta terça-feira (13) que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, o bloqueou ler suas publicações no Twitter.

Em resposta, King ironizou: "Talvez eu tenha que me matar". A mente por trás de "O Iluminado" e "À Espera de um Milagre" vem criticando Trump há meses, desde quando o empresário foi eleito a ocupar a presidência. "Podemos ter o Obama de volta? Por favor?", brincou o escritor.

Mas King pode ficar tranquilo. J.K. Rowling, a criador da série Harry Potter, prometeu ajudá-lo a continuar mandando mensagens para seu "comandante": "Eu ainda tenho acesso! Mando uma DM [mensagem direta] para eles por você".

King entrou na brincadeira e continuou: "Obrigado. Talvez seja uma pegadinha. Estou bem de qualquer jeito. Sempre terei Pence [atual vice-presidente dos EUA]"

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento