Topo

Música

Exposição sobre Beatles vira aula e realiza sonho de jovens de Heliópolis

Felipe Blumen

Colaboração para o UOL

07/09/2016 07h00

"Eu comprei um cartão de memória novo só para vir aqui", conta o jovem André Luis Silva enquanto tira várias fotos de um quebra-cabeça que forma a imagem dos Beatles. A peça integra a exibição "Beatlemania Experience", em cartaz em São Paulo. "Eu nasci na época errada", brinca.

André tem 21 anos e participa de um grupo chamado Jovens Alconscientes, que trabalha com adolescentes da comunidade de Heliópolis a conscientização e a prevenção do uso de álcool e outras drogas. A visita foi um evento especial para as cerca de 30 crianças e adolescentes participantes desse e de outros projetos, como o “Música por Direitos”, que usa aulas de música para trabalhar conceitos de cidadania.

"A primeira vez que ouvi 'Imagine', do John Lennon, eu não pude concordar mais. E a mensagem que ele passa na música continua tão atual, ainda mais onde nós moramos. Falar de direitos humanos com crianças é um desafio, mas a música ajuda a aproximar o tema", explica.

Membro dos Jovens Alconscientes há quatro anos, André é hoje um dos educadores do grupo, responsável por oferecer aos adolescentes cursos de direitos humanos e produção cultural, além de ser um dos apresentadores da Rádio Heliópolis. Fã de Beatles, Rod Stewart, Elton John e U2 desde criança, ele é um dos únicos do grupo já familiarizados com o universo da banda de Liverpool. "No ônibus, eu coloquei 'Yellow Submarine' para tocar e uma menina me perguntou se aquela música era velha. Respondi que sim e ela disse que achava chata. Eu falei: 'Não! Só é diferente!'", conta André.

"O problema é ter que vir tão longe de casa para ter acesso a coisas diferentes, como essa exposição", diz André. "Quando minha mãe se mudou de Heliópolis, eu escolhi ficar lá para poder continuar com meu trabalho social. Entendo que é difícil levar iniciativas como essa para lá, mas tem que ter acesso. Quando eu era mais novo, nada do que eu gostava, como música, quadrinhos, tinha em casa", lembra.



Se o gosto musical de André não tem muitos correspondentes na vizinhança, o jovem usa outras paixões para conversar com os adolescentes de seu grupo. Amante de quadrinhos e cinema, André é frequentador de eventos geeks e gestor de páginas relacionadas a esse universo nas redes sociais. "Eu sempre fui muito sozinho, era difícil fazer amigos pelo gosto musical, então minhas músicas e minhas HQs foram minha companhia", lembra André.

Agora, ele usa esse universo para se comunicar. Depois de anos fazendo blogs, fanpages e resenhas independentes, André transformou o interesse em trabalho, atuando como consultor de mídias sociais para agências.

Lucas Lima/UOL
Morador de Heliópolis e fã dos Beatles, André realiza o sonho de ir à exposição Imagem: Lucas Lima/UOL
"Eu devo tudo a um DVD com 99 hits que meus pais tinham, onde escutei 'Yellow Submarine' pela primeira vez, e a um gibi do Flash que li na biblioteca da escola. Foi o que despertou meu interesse e me fez chegar até aqui hoje", reflete.

Dois grandes sonhos de André, pelo menos, já foram realizados. O gibi da época de escola foi encontrado em um sebo virtual e é hoje a peça mais valiosa de sua coleção – "Custou suados 201 reais, mas é a primeira aparição do Barry Allen como Flash!", explica.

O outro sonho, recém-conquistado, foi entrar no famoso submarino amarelo, um dos ambientes criados pela exposição. "Isso aqui é a minha Disneylândia", brinca.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!