Topo

Livros e HQs

Aos 14 anos, Maisa lança 1º livro e evita rótulos: "Gosto é de ser artista"

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

02/09/2016 14h21

Maisa Silva está na televisão desde os 3 anos de idade. Começou cantando no programa Raul Gil, migrou para o SBT como apresentadora, virou a queridinha de Silvio Santos, estreou como atriz na novela infantil "Carrossel" e há pouco mais de um ano cria seu próprio conteúdo na internet com um canal no YouTube. O que então faltava na carreira da estrela adolescente? Um livro.

Não mais. "Sinceramente Maisa: Histórias de Uma Garota Nada Convencional" foi lançado nesta quarta (31/8) e quinta-feira (1º/9) na 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo. Nada convencional mesmo. Aos 14 anos, Maisa adiciona agora ao seu currículo o título de escritora. Mas a jovem prefere não escolher uma função favorita. "Eu gosto mesmo é de ser artista", declarou ao UOL minutos antes de iniciar sua segunda e concorrida tarde de autógrafos na feira.

Assim como boa parte de seu público - formado em sua maioria por crianças e alguns pré-adolescentes - esta é a primeira vez de Maisa em uma Bienal. "Sempre quis vir, mas não dava. Chegar aqui já lançando um livro é muito legal", admite. A novata escritora causou furor um dia antes no evento e precisou ser isolada em um local improvisado para atender aos fãs que já tinham senhas para ganhar um autógrafo. Por segurança, a estratégia foi repetida na segunda tarde de assinatura.

Maisa não se assusta. Está acostumada com o assédio que faz parte da sua vida nada convencional, como destaca o título de sua primeira obra. "Quantas pessoas puxaram a peruca do Silvio Santos e saíram ilesas?", diz um dos trechos do livro, lembrando um dos episódios mais famosos de interação da então pequena Maisa com o apresentador. Famosa desde que se conhece por gente, ela garante porém que sobraram histórias inéditas que serão reveladas apenas no livro, como um medo que já fez com que ela pedisse para se esconder na casa de um vizinho.

Apesar de trazer algumas histórias da vida pessoal e artística da autora, Maisa faz questão de destacar que não escreveu uma biografia, e sim um livro com histórias que trazem o ponto de vista dela sobre vários temas que interessam ao público adolescente. Ela também admite que usou e abusou da ajuda dos editores para entregar o trabalho a tempo. O processo que durou seis meses se apoiou até mesmo em áudios enviados pela escritora aos seus editores quando não sobrava tempo para escrever. "Eu não fiz tudo sozinha, até porque é meu primeiro livro, minha primeira obra como autora. Então eu tive toda uma orientação", justifica.

Divulgação
Imagem: Divulgação

Fã de romances "água com açúcar", Maisa comemora lançar seu primeiro livro na mesma editora de sua autora favorita: Paula Pimenta. "Ainda não a conheci, estou muito ansiosa para conhecê-la", conta. Paula é também uma das favoritas de Larissa Manoela, colega de SBT que lançou seu livro na Bienal no mesmo dia (e quase no mesmo horário) de Maisa Silva. As duas conseguiram se encontrar no final da feira e fizeram uma troca simbólica de seus livros de estreia. 

"Sinceramente Maisa: Histórias de Uma Garota Nada Convencional"

Preço sugerido: R$ 29,90

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Livros e HQs