Entretenimento

"Gostaria de viver Sidney Magal e Alcione nos palcos", diz Tiago Abravanel

Divulgação
Tiago Abravanel no papel de Snoopy, no musical "Meu amigo, Charlie Brown" Imagem: Divulgação

Ian Ferraz

Colaboração para o UOL, em Brasília

25/08/2016 07h00

Tiago Abravanel parece onipresente. Após encerrar mais uma temporada do seriado “Chapa Quente”, na Globo, viaja o Brasil se apresentando com sua banda, a Abrava, e sua voz está também na versão dublada da animação “Pets – A Vida Secreta dos Bichos”, que chega nesta quinta aos cinemas. Não acabou: em setembro, o ator, cantor e dublador chega a Brasília com o musical infantil “Meu Amigo, Charlie Brown”, em que vive o carismático cão Snoopy.

“Me entrego a cada trabalho e por isso consigo fazer tantas coisas, às vezes todas ao mesmo tempo. Estou curtindo muito minha carreira musical e tenho me dedicado a ela, mas não descarto novos trabalhos como ator”, disse o ator ao Guia UOL em uma rara pausa na extensa agenda.

Nos palcos desde os 17 anos, o ator já havia atuado em outros musicais e na novela “Amor e Revolução”, no SBT, quando passou no teste do papel principal do musical “Tim Maia – Vale Tudo”, que catapultou sua carreira. Questionado sobre que papeis ainda pretende viver nos palcos, responde sem rodeios:  “Dos artistas, sem dúvida, o Sidney Magal e a Alcione”.

Contratado da Globo, sempre apontado como uma das apostas de Silvio Santos para comandar algum programa na emissora, ele diz ter muito orgulho de ser “neto do maior comunicador da TV brasileira”, mas que participa “de forma familiar” da rotina do canal do avô, que acaba de completar 35 anos. Confira a entrevista.

Cinco perguntas para Tiago Abravanel

Guia UOL - Você já fez trabalhos para o teatro,  televisão, musicais, dublagens e tem a carreira musical. Como explica essa versatilidade para diferentes vertentes artísticas?
Tiago Abravanel -
Eu amo tudo aquilo que faço, me entrego a cada trabalho e por isso consigo fazer tantas coisas, às vezes todas ao mesmo tempo. Estou curtindo muito minha carreira musical e tenho me dedicado a ela, mas não descarto novos trabalhos como ator.

O SBT comemora 35 anos agora em agosto. Você vai participar da festa de alguma maneira, mesmo sendo ligado à Rede Globo?
Participo de forma familiar. Tenho muito orgulho de pertencer a minha família e ser neto do maior comunicador da TV brasileira.

Divulgação
Tiago Abravanel e o elenco do musical, que conta ainda com Leandro Luna, como Charlie Brown, Paula Capovilla como Lucy, Guilherme Magon (Schroeder), Mariana Elisabetsky (Sally) e Mateus Ribeiro (Linus). Imagem: Divulgação

Como a emissora marcou a sua vida?
Acho que muitos momentos foram marcados pela história no SBT, desde [programas como] o “Passa ou Repassa”, “Domingo Legal” com o Gugu, “Show do Milhão”. Foram tantos programas divertidos! Creio que todas os brasileiros têm algum momento ou alguma lembrança positiva e alegre do SBT.

Em "Meu Amigo, Charlie Brown" você faz o papel do Snoopy. Também já foi Tim Maia. Quem mais gostaria de interpretar nos palcos?
Tem algumas pessoas e personagens que eu ainda gostaria de viver no teatro. O Corcunda de Notre Dame, por exemplo, o gênio do Aladim... Dos artistas, sem dúvida, o Sidney Magal e a Alcione (risos).

Você publica muitas fotos de bastidores e de suas viagens nas redes sociais, mas também se posiciona sobre temas importantes, como direitos LGBT e a violência sexual. Qual a importância de se falar sobre essas questões?
No mundo em que vivemos hoje, não precisamos instigar mais a violência ou o ódio entre as pessoas. Estamos passando por um momento onde as palavrais mais importantes, no meu ponto de vista, são respeito e amor. Se não praticarmos isso no nosso dia a dia será difícil mudar o mundo. Não digo apenas em relação ao movimento LGBT, precisamos amar mais o próximo, respeitar as diferenças de cor, religião. Ninguém precisa aceitar ou concordar com o outro, todos têm o direito de escolher o que querem para suas vidas, mas respeitar é fundamental para a convivência nesse planeta.

Serviço
"Meu amigo, Charlie Brown - Um Musical da Broadway"
Onde: Auditório Master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães (Eixo Monumental, Brasília - DF)
Quando: 4 de setembro, às 17h
Quanto: de R$ 50 (meia entrada) a R$ 100 (poltrona premium)
Vendas: pelo site www.naoperco.com, lojas Cia Toy e Belini Pães e Gastronomia
Classificação indicativa: livre
Mais Informações: (61) 4101-1121 ou (61) 4101-1230

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Entretenimento

Topo