PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Morre em SP, aos 89 anos, o crítico de teatro Sábato Magaldi

27.out.2014 - Sábato Magaldi ao lado de sua mulher, Edla Van Steen - Rafael Andrade/Folhapress
27.out.2014 - Sábato Magaldi ao lado de sua mulher, Edla Van Steen Imagem: Rafael Andrade/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

15/07/2016 06h39

O crítico de teatro, professor e membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) Sábato Magaldi morreu na noite desta quinta-feira (14) aos 89 anos. Ele estava internado desde o dia 2 de julho no Hospital Samaritano, em São Paulo, em decorrência de uma infecção generalizada. A causa da morte ainda não foi divulgada.

Membro da ABL desde 1995, Magaldi também era reconhecido pelo trabalho como jornalista e professor de teatro. Autor de clássicos como "Panorama do teatro brasileiro", ele ocupava a cadeira 24 da Academia Brasileira de Letras, que já foi de Manuel Bandeira e Ciro dos Anjos.

Nascido em Belo Horizonte (MG) em maio de 1927, Magaldi formou-se em direito aos 22 anos. Logo após receber o diploma, deixou de lado da carreira e estreou nas páginas de crítica do "Diário Carioca". Ele também atuou como crítico de "O Estado de S. Paulo" e "Jornal da Tarde".

Casado com a escritora Edla Van Steen e pai de dois filhos, Sábato também se transformou em um dos maiores especialistas na obra do dramaturgo Nelson Rodrigues e foi um dos primeiros professores da Escola de Comunicações e Artes da USP.

 

 

Entretenimento