PUBLICIDADE
Topo

Em cartaz no Rio, exposição apresenta a poesia de Arnaldo Antunes

Obra "Espaço Tempo", de Arnaldo Antunes - Divulgação
Obra "Espaço Tempo", de Arnaldo Antunes Imagem: Divulgação

Do UOL, no Rio de Janeiro

24/05/2016 18h24

Entre novas exposições em cartaz no Rio, destaque para "Palavra em Movimento" do músico e artista visual Arnaldo Antunes, no Centro Cultural Correios, a mostra coletiva "Agora Somos Mais de Mil", no Parque Lage, e a exposição "Amor", no Oi Futuro Flamengo, todas com entrada gratuita.

Confira as sugestões de novas exposições em cartaz no Rio:

"Palavra em Movimento" - Arnaldo Antunes
Em cartaz no Centro Cultural Correios, a mostra apresenta a poesia do multiartista Arnaldo Antunes através de diversos meios técnicos. A mostra reúne colagens, caligrafias, instalações, cartazes, vídeos e objetos poéticos, resultados de trabalhos realizados nos últimos trinta anos.
O Rio encerra a mostra, que já passou por São Paulo, Brasília e Salvador. A exposição faz um recorte cronológico da produção de Arnaldo Antunes, evidenciando o percurso de sua poesia, que se manifesta em letras de músicas, nas placas de rua, em objetos comuns, e no tradicional papel.
Quando: até 17 de julho de 2016. De terça a domingo, de 12h às 19h.
Onde: Centro Cultural Correios - Rua Visconde de Itaboraí, 20 - Centro.
Quanto: Entrada gratuita.
Mais informações: (21) 2253-1580.

"Things that fit in my hand" - Gabriela Machado
Em cartaz no Museu de Arte Moderna do Rio, a artista Gabriela Machado apresenta uma única e grande instalação, com cerca de 250 peças em porcelana produzidas nos últimos três anos.
No amplo segundo andar do museu, se encontra uma mesa onde estão as esculturas, com formas e tamanhos variados.
Quando: até 3 de julho de 2016. De terça a sexta de 12h às 18h, sábados, domingos e feriados de 11h às 18h.
Onde: MAM Rio - Av. Infante Dom Henrique, 85 - Parque do Flamengo.
Quanto: R$14 (inteira), domingos ingresso família por R$14 (para até 5 pessoas). Quartas a partir das 15h, entrada gratuita.
Mais informações: (21) 3883-5600 e www.mamrio.org.br

"Leituras para mover o centro" - Ana Hupe
Como parte do Prêmio CCBB Contemporâneo, a artista apresenta a instalação "Leituras para mover o centro", que conta com fotografia, vídeo e modos experimentais de leitura, para destacar uma produção que está à margem, a literatura feminina negra.
A artista fez uma série de retratos de 10 mulheres e um homem em Berlim e no Rio, onde elas aparecem com as publicações de sua preferência. A instalação conta ainda com dispositivo de leitura para os visitantes, e duas bibliotecas nômades (estrutura de metal que se veste como mochila) com cerca de 50 livros que serviram de referência para a mostra, e que podem ser usadas pelo público.
Quando: até 20 de junho de 2016. De quarta a segunda, de 9h às 21h.
Onde: CCBB Rio - Rua Primeiro de Março, 66 - Centro.
Quanto: Entrada gratuita.
Mais informações: http://culturabancodobrasil.com.br

"Agora Somos Mais de Mil"
A mostra coletiva é a quinta do programa Curador Visitante, da Escola de Artes do Parque Lage (EAV). Com curadoria de Marta Mestre, a exposição investiga os protocolos da arte no contexto de uma escola livre. A mostra apresenta trabalhos históricos feitos na EAV, ao lado de propostas atuais.
Entre os artistas presentes, a exposição apresenta obras de Anna Bella Geiger, Artur Barrio, Celeida Tostes, Helio Oiticica, entre outros.
Quando: até 26 de junho de 2016. Palacete, cavalariças e capela, de terça a domingo de 10h às 17h, área verde aberta diariamente de 8h às 17h.
Onde: Escola de Artes Visuais do Parque Lage - Rua Jardim Botânico, 414 - Jardim Botânico.
Quanto: Entrada gratuita.
Mais informações: http://eavparquelage.rj.gov.br/

Obra de Agnieszka Polska (Polônia) na exposição "Amor", no Oi Futuro - Divulgação - Divulgação
Obra de Agnieszka Polska (Polônia) na exposição "Amor", no Oi Futuro
Imagem: Divulgação

"Amor"
Com curadoria da brasileira Denise Carvalho e da polonesa Monika Szewczvk, a exposição coletiva apresenta trabalhos de vinte artistas mulheres do leste europeu.
As obras incluem vídeos, instalações, fotografias e escritos de diário, que abordam perspectivas contemporâneas do feminino, através das experiências e jornadas dessas artistas dentro e fora de toda a Europa Oriental. Entre os temas, a mostra passa por guerra, política, violência contra a mulher, homossexualidade, preconceitos étnicos, e mais.
Quando: até 10 de julho de 2016. De terça a domingo, de 11h às 20h.
Onde: Oi Futuro Flamengo - Rua Dois de Dezembro, 63 - Flamengo.
Quanto: Entrada gratuita.
Mais informações: www.oifuturo.org.br