Entretenimento

Temporada carioca da exposição de Patricia Piccinini terá duas novas obras

Do UOL, no Rio de Janeiro

28/04/2016 15h58

Sucesso de público em São Paulo e Brasília, chegou a vez dos cariocas conhecerem as esculturas surrealistas da artista australiana Patricia Piccinini. A exposição "ComCiência" já pode ser visitada, mas a inauguração oficial, com uma obra inédita criada especialmente para a mostra no CCBB Rio, é nesta sexta (29).

As criaturas "geneticamente" modificadas da artista transitam entre o híper e o surrealismo. O processo artístico de Piccinini para criar as esculturas deriva da pesquisa com biotecnologia e engenharia genética. Segunda a artista, as criaturas, apesar de estranhas e por vezes inquietantes, não são assustadoras. Em vez disso, é a sua vulnerabilidade que muitas vezes vem à tona, pedindo que o público olhe além de sua estranheza.

A grande novidade para a exposição no CCBB Rio são as duas novas obras que a artista decidiu incluir na temporada carioca. Uma delas foi pensada especialmente para a rotunda do prédio que abriga o centro cultural, no centro do Rio. Uma enorme escultura inflável com quase 25 metros de altura, presa ao teto, se projeta por todo o vão do espaço, e ao ser inflada, a escultura revela uma índia ajoelhada no chão. A proposta da artista foi criar uma forma ambígua, misto de vegetal e animal. A escultura estará em constante movimento, inflada e esvaziada em ciclos de 15 a 20 minutos. A obra será inaugurada no dia 29 de abril.

Outro destaque da mostra no Rio é a obra The Breathig Room, uma experiência imersiva e sensorial em um "quarto que respira". A intenção de Piccinini é que o público se sinta dentro de um corpo que passa por uma reação emocional, para isso, a artista criou um ambiente que integra estímulos visuais, sonoros e táteis.

As demais obras da exposição são as já famosas esculturas que passaram pelo CCBB São Paulo e CCBB Brasília. Seres repulsivos e sedutores, que causam incômodo e curiosidade, fazem o espectador refletir sobre seus próprios sentimentos e também sobre questões complexas como a imposição de padrões de beleza.

O público poderá ver de perto peças importantes da australiana, como a Big Mother (figura agigantada, que se assemelha a uma macaca e amamenta um bebê) e o The Conforter (uma menina toda coberta de pelos acalenta um pequeno ser, de pele macia e pés fofos como um bebê humano, mas que tem uma boca agigantada e sem olhos).

Serviço
"ComCiência" - Patricia Piccinini
Quando:
dias 27 e 28 de abril, sistema soft opening; dia 29 de abril abertura oficial da mostra, com início do funcionamento da obra inédita. A exposição fica em cartaz até 27 de junho de 2016. Aberto de quarta a segunda, de 9h às 21h.
Onde: CCBB Rio - Rua Primeiro de Março, 66 - Centro.
Quanto: Entrada gratuita.
Mais informações: (21) 3808-2070 e http://culturabancodobrasil.com.br

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo