Entretenimento

Com entrada franca, parque em Pinhais (PR) dá aula de ciência a visitantes

Divulgação/Parque da Ciência
Sócrates dá as boas-vindas no Parque da Ciência Newton Freire Maia, no pavilhão com o tema Universo Imagem: Divulgação/Parque da Ciência

Do UOL, em Curitiba

08/04/2016 13h12

Pouco conhecido por quem mora na região de Curitiba, o Parque da Ciência Newton Freire Maia, em Pinhais, na região metropolitana, é um centro interativo de divulgação científica e tecnológica que dá uma aula de ciência ao visitante. E melhor, de graça.

O parque, localizado próximo ao Santa Mônica Clube de Campo, foi implantado nas dependências de um antigo parque de exposições agropecuárias, próximo à Área de Proteção Ambiental do Rio Iraí, cujo reservatório é responsável pelo fornecimento de água potável a aproximadamente 25% da população de Curitiba e região metropolitana.

Seu acervo envolve diversos experimentos, painéis, maquetes, recursos audiovisuais e outras ferramentas que conduzem o visitante a uma viagem pelo tempo e espaço. O Parque da Ciência, que homenageia um dos expoentes da genética paranaense, conta em seu Exploratório com um acervo pautado por quatro grandes temas: Universo, Cidade, Energia e Biodiversidade.

Divulgação/Parque da Ciência
Pavilhão da Terra mostra curiosidades sobre o planeta, como a presença de dinossauros Imagem: Divulgação/Parque da Ciência

O tour começa com uma introdução, um primeiro contato entre o visitante e a ciência. O acervo predominante remete à Cosmologia e à Filosofia. Na Cidade, a exposição foca nas transformações da paisagem, a diversidade cultural, o planejamento e a gestão do espaço urbano. Esse pavilhão abriga a Sala 3D Milton Santos, espaço que homenageia um dos ícones da geografia brasileira e mundial.

Divulgação/Parque da Ciência
No pavilhão Energia, o visitante conhece as formas da energia e também o Planetário Indígena Imagem: Divulgação/Parque da Ciência
No pavilhão Energia, o visitante conhece as formas da energia, os processos de transformação e os impactos do desenvolvimento científico-tecnológico. Ali também se encontra o Planetário Indígena, um dos pioneiros na divulgação da Etnoastronomia Indígena brasileira. O pavilhão Biodiversidade, por sua vez, apresenta a água e a terra, recursos utilizados pelos seres vivos.

O parque apresenta ainda o Palco Paraná, uma maquete com área de cinco mil m² do Estado do Paraná que permite a visualização dos aspectos geomorfológicos do estado, as grandes bacias hidrográficas, seu sistema viário e a sede dos 399 municípios.

As visitas ao Parque da Ciência são gratuitas e devem ser agendadas previamente, pelo telefone (41) 3666-6156. A entrada de crianças menores de sete anos não é permitida. O parque fica na Estrada da Graciosa, 7400, em Pinhais, e funciona de terça-feira a sábado, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 17h. Mais informações podem ser obtidas pelo site www.parquedaciencia.pr.gov.br.

Serviço
Parque da Ciência Newton Freire Maia
Quando: Funciona de terça-feira a sábado, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 17h
Onde: Estrada da Graciosa, 7400 – Pinhais (PR)
Quanto: Entrada franca, com agendamento prévio pelo telefone (41) 3666-6156
Classificação: Acima de sete anos
Mais informações: Pelo site www.parquedaciencia.pr.gov.br

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo