Topo

Livros e HQs

Lygia Fagundes Telles é indicada para concorrer ao Nobel de Literatura

Zanone Fraissat/Folhapress
27.jan.2015 - Lygia durante jantar em homenagem ao ator e dramaturgo Juca de Oliveira Imagem: Zanone Fraissat/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

03/02/2016 17h20

A escritora Lygia Fagundes Telles foi indicada pela UBE (União Brasileira de Escritores) para a concorrer ao prêmio Nobel de Literatura 2016. Segundo a UBE, a indicação da paulistana de 92 anos à Academia Sueca aconteceu nesta quarta (3) e por unanimidade.

"Lygia é a maior escritora brasileira viva e a qualidade de sua produção literária é inquestionável", escreveu presidente da UBE, Durval de Noronha Goyos, em comunicado.

O anúncio do vencedor do Nobel de Literatura deve acontecer em outubro deste ano, em cerimônia em Estocolmo, na Suécia. Anualmente, a Academia Sueca envia centenas de cartas a pessoas e instituições qualificadas de todo o mundo para indicarem seus candidatos.

No ano passado, 198 escritores participaram da disputa, que foi vencida pela bielorrussa Svetlana Alexievich. Nunca um escritor ou escritora brasileira recebeu o Nobel de Literatura.

Uma das principais escritoras brasileiras e uma das primeiras mulheres a estudar direito na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, Lygia estreou escrevendo contos em 1938, quando tinha apenas 15 anos, com o livro "Porão e Sobrado". Ao longo da carreira, assinou clássicos como "Ciranda de Pedra" e "As Meninas" e "As Horas Nuas".

Sua obra foi laureada com vários prêmios, incluindo o Camões (2005) e o Jabuti (1966, 1974 e 2001). No fim de 2015, Lygia venceu o prêmio Fundação Conrado Wessel na categoria Cultura, que ainda será entregue este ano.

Lygia faz parte da Academia Paulista de Letras desde 1982, da Academia Brasileira de Letras desde 1985 onde é uma das imortais e da Academia das Ciências de Lisboa desde 1987.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Livros e HQs