Livros e HQs

Cia. das Letras vai lançar no Brasil quatro títulos da vencedora do Nobel

Do UOL, em São Paulo

23/10/2015 10h44

A editora Companhia das Letras anunciou nesta quinta (22) que adquiriu os direitos e vai lançar no Brasil quatro obras da escritora Svetlana Alexievich, vencedora do Nobel de Literatura 2015.

Os títulos a serem lançados são "Time Second Hand", "War's Unwomanly Face" (A Guerra Não Tem Rosto Feminino), "Last Witnesses" e "Voices from Chernobyl" (Vozes de Chernobil), seu livro mais famoso, com depoimento de mais 500 testemunhas da maior catástrofe nuclear da história. Os títulos ainda não têm data prevista para o lançamento.

A escritora e jornalista bielorrussa foi agraciada pela Academia Sueca "por seus escritos polifônicos, um monumento ao sofrimento e coragem em nosso tempo".

Alexievich, 67, é a 14ª mulher a vencer o prêmio, sete delas nos últimos 25 anos. O escritor francês Patrick Modiano foi o vencedor de 2014 e a canadense Alice Munro foi agraciada com a honraria em 2013.

Em entrevista após o anúncio do Nobel, a escritora contou o que fará com o prêmio de 8 milhões de coroas suecas (cerca de R$ 3,7 milhões): "Farei apenas uma coisa: vou comprar a minha liberdade. Eu preciso de muito tempo para escrever meus livros, de cinco a dez anos. Tenho duas ideias para novos livros, por isso, estou contente que agora vou ter liberdade para trabalhar neles."

Em comunicado divulgado pela Companhia das Letras, o editor Leandro Sarmatz ressaltou que, “o Nobel de Literatura concedido semana passada à bielorussa Svetlana Alexievich tem o valor do ineditismo: pela primeira vez o escritor premiado não é poeta, dramaturgo ou ficcionista. Alexievich é jornalista. É uma autora, portanto, de não-ficção, esse gênero que já habitou arrabaldes movediços na periferia da grande literatura mas que hoje se torna protagonista no interior de uma série de manifestações culturais, da própria prosa de imaginação ao melhor cinema”.

Divulgação
Svetlana Alexievich vence Prêmio Nobel de Literatura em 2015 Imagem: Divulgação

Escrita sobre a guerra

Filha de professores, Svetlana Alexievich nasceu na Ucrânia, mas cresceu na Bielorrússia. Entrou na Universidade de jornalismo de Minsk em 1967 e, depois de completar o curso, mudou-se para Beresa para trabalhar no jornal e escola locais.

Seus textos ficam entre a literatura e o jornalismo, unindo testemunhos individuais para se aproximar mais da complexidade dos acontecimentos, estilo que usou em sua obra mais conhecida, “Voices from Chernobyl”. Em 1992, ela empreendeu investigação semelhante em “Zinky Boys”, quando deu voz aos soviéticos na Guerra do Afeganistão nos anos 1980.

A força feminina nos campos de batalhas ganhou destaque em "War's Unwomanly Face" (1983), livro-reportagem sobre as milhares de mulheres que serviram no Exército Vermelho durante a invasão da União Soviética pela Alemanha em 1941. Com a derrota do nazismo, elas foram saudadas como heroínas, embora sem o mesmo prestígio e lembrança dada aos homens.

Alexievich já recebeu outros prêmios internacionais, como o prêmio polonês Ryszard Kapuscinski para reportagem literária em 2011, Prémio Herder em 1999 e o Prémio da Paz dos Editores Alemães, em 2013. 

No entanto, não é só no Brasil que o trabalho da escritora é pouco conhecido. Apenas três livros ganharam edições em inglês e podem ser encontradas em edições importadas.

Muitos de seus compatriotas a leem, embora o regime autoritário do presidente Alexander Lukashenko impeça suas aparições públicas em Minsk, onde vive durante parte do ano.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Da Redação
Página Cinco
EFE
do UOL
Página Cinco
Página Cinco
Da Redação
Página Cinco
Da Redação
Da Redação
Página Cinco
Página Cinco
UOL Jogos
Página Cinco
Página Cinco
Da Redação
Página Cinco
Página Cinco
Da Redação
Página Cinco
Página Cinco
UOL Jogos
Da Redação
do UOL
Página Cinco
UOL Entretenimento - Imagens
Página Cinco
EFE
Página Cinco
Blog do Barcinski
Página Cinco
UOL Jogos
Página Cinco
do UOL
Página Cinco
do UOL
Da Redação
Página Cinco
AFP
do UOL
Página Cinco
Da Redação
EFE
Página Cinco
Da Redação
Blog do Barcinski
Página Cinco
Reuters
Da Redação
BBC
Página Cinco
Topo