PUBLICIDADE
Topo

Fã que marchou 800 km a San Diego ganha surpresa em painel de "Star Wars"

Beatriz Amendola

Do UOL, em San Diego (EUA)

11/07/2015 15h07

Milhares de pessoas vieram de longe para a Comic-Con de San Diego, mas ninguém chegou como o norte-americano Kevin Doyle: vestido de stormtrooper, ele caminhou mais de 800 km para homenagear sua mulher, Eileen, que perdeu a luta contra um câncer em 2012.

A caminhada durou um mês. Doyle deixou em junho o Rancho Obi-Wan, museu dedicado a "Star Wars" que fica em Petaluma, no norte da Califórnia, e chegou a San Diego na quinta-feira (9), o primeiro dia de painéis da feira.

Na sexta, Doyle viveu um dia especial: ele compareceu ao painel especial de "Star Wars: O Despertar da Força" e liderou o exército de stormtroopers que escoltou o público do Hall H ao concerto surpresa da trilha do filme.

"Foi tudo surpresa, eu não sabia de nada", contou ao UOL Doyle, que ficou emocionado com a recepção carinhosa na feira geek. "Mal posso explicar. A recepção que me deram e o esforço que as pessoa fizeram para vir a mim, compartilhar suas histórias e agradecer pelo que estou fazendo, tem sido tudo muito emocionante."

Doyle deu início à jornada motivado pela vontade de "recuperar o brilho nos olhos", perdido após a morte da mulher, com quem havia se casado em 2010. Eileen, a quem ele define como "a mulher mais incrível do mundo", era artista de quadrinhos e grande fã de "Star Wars", tal qual o marido. Os dois faziam parte do fã-clube 501st Legion.

Pouco após acabar sua caminhada, Doyle já sabe quais foram os pontos altos dela. "Sentir a presença geral da minha mulher comigo e a alegria por toda a camaradagem das pessoas que se juntaram a essa jornada comigo. Não podia imaginar que isso aconteceria."

A caminhada ainda serviu para ajudar uma boa causa: Doyle fez campanha para uma instituição de caridade que ajuda crianças com câncer e leva o nome da mulher, a Eileen's Little Angel. Até agora, ele já arrecadou mais de US$ 6 mil.

Apesar de ter liderado a escolta stormtrooper na sexta, Doyle não conheceu pessoalmente Abrams nem os atores da saga cinematográfica. "Mas a Comic-Con ainda não acabou, então você nunca sabe. É a magia dela".