Entretenimento

Com "Star Wars", Comic-Con começa nesta quarta-feira em San Diego

Beatriz Amêndola

Do UOL, em San Diego (EUA)

08/07/2015 06h00

San Diego já está preparada para mais uma edição da Comic-Con, evento que reúne milhares de fãs de quadrinhos, cinema e séries. Às vésperas da convenção, que começa oficialmente nesta quarta-feira (8) com atrações esperadas como o novo "Star Wars", a cidade californiana já transpira cultura pop, ainda que sem um grande número de turistas nas ruas.

Na cidade, não faltam peças publicitárias escandalosas chamando a atenção dos turistas: os trens ganharam decorações temáticas de "Game of Thrones" e "Scream Queens", nova série de Ryan Murphy ("Glee"); um gigantesco banner de "The Strain" decora a maior parte da fachada de um hotel; e uma grande estrutura foi montada para promover "Heroes: Reborn", minissérie que dá continuidade a "Heroes", cancelada em 2010. Mensagens espirituosas também aparecem nas ruas: em uma doceria, foi colocada uma placa dizendo "que os nerds estejam com você" - trocadilho com o clássico bordão "que a força esteja com você".

Por volta das 16h (horário local), quando a reportagem do UOL visitou o Centro de Convenções, local onde a Comic-Con acontece, a movimentação era composta principalmente por organizadores e expositores, com poucos turistas circulando pelo local. Mas nem o movimento fraco nem o vento frio espantaram os estudantes Yvonne e Jason, que foram os primeiros a chegar para a fila do concorrido Hall H, auditório onde acontecem os principais painéis do evento.

E não foi "Star Wars" nem "Game of Thrones" que fez alguns amigos começarem a acampar ao meio dia desta terça-feira, com dois dias de antecedência: eles vieram ver o painel da série britânica "Doctor Who", que acontece nesta quinta com a presença da atriz Jenna Coleman. Entre as outras atrações esperadas pelos jovens de São Francisco, estão as relacionadas à animação "Meu Querido Pônei" e ao jogo "Magic: The Gathering".

Heróis ausentes

A programação 2015 da Comic-Con chamou a atenção por uma ausência notável: a da Marvel Studios, que preferiu pular o evento pela primeira vez desde 2011. Kevin Feige, presidente da empresa, explicou que o problema era a falta de timing, já que o estúdio não teria grandes novidades para contar. "Se você não pode ir para a Comic-Con e contar muita coisa, não vá", disse ele em entrevista à revista "Hollywood Reporter".

Dessa forma, o grande destaque nos filmes de heróis será da Warner e da DC Comics, que irão trazer novidades dos filmes "Batman vs Superman" e "Esquadrão Suicida" no sábado - na imprensa internacional, há rumores de que o estúdio aproveitará a oportunidade para anunciar Ben Affleck, o novo Batman, como diretor do filme solo do herói, que deve ser lançado em 2018.

Ainda pensando nos fãs dos quadrinhos, a Fox também trará dois destaques: o ator Ryan Reynolds, o personagem-título de "Deadpool", e o próximo longa da franquia "X-Men".

O retorno de "Star Wars"

Sem dúvidas, "Star Wars: O Despertar da Força" é um dos filmes mais aguardados da Comic-Con. O painel do sétimo filme da saga criada por George Lucas tem sido cercado por mistério desde que foi anunciado que o diretor J.J. Abrams iria exibir uma nova filmagem na ocasião. Mas a revista "Entertainment Weekly" revelou parte da surpresa recentemente: a exibição será de um clipe dos bastidores do longa, e não de um novo trailer.

Mas ainda há esperanças para os fãs que ficaram decepcionados. Segundo a revista, alguns atores da trama devem participar do painel para falar mais sobre seus personagens.

Na TV, spin-offs e adaptações ganham força. "Fear the Walking Dead", que contará o início da epidemia zumbi de "Walking Dead", ganhará apresentação em grande estilo, em um painel no Hall H.

Se juntam a ele "Heroes: Reborn" e "Supergirl", que terá seu piloto exibido. A série sobre a heroína deve dar o que falar: ela teve o trailer muito criticado na época de seu lançamento, em maio, por ter um estilo parecido com o das comédias românticas do cinema.

Mas também há espaço para as veteranas da festa. "Game of Thrones" retornará com um painel que tem intrigado fãs por não contar com a presença dos showrunners D.B. Weiss e David Benioff e nem com a do ator cujo personagem morreu na ultima temporada. Muito tem sido especulado sobre se isso pode significar que o personagem em questão, na verdade, não morreu. Mas uma possível reviravolta não deve ser revelada tão cedo.

* colaborou James Cimino

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Entretenimento

Topo