Livros e HQs

Por que o escritor mais vendido do país está no Brasil mas não na Flip

Roberto Sadovski e Rodrigo Casarin

Do UOL, no Rio e em Paraty

01/07/2015 18h35

O autor de livros de ficção mais vendido no país hoje está no Brasil e não é para a Flip, evento nacional de maior prestígio no mundo das letras, que ocorre a partir desta quarta (1º) na cidade histórica de Paraty (RJ). Autor de "Cidades de Papel", atual número 1 na lista de mais vendidos da Publish News, John Green revela que até recebeu o convite, mas precisou declinar por motivos de força maior: o cinema.

"Eu já fui convidado antes para a Flip. Infelizmente, tenho de voltar para casa imediatamente para começar a promoção de 'Cidades de Papel' nos Estados Unidos", afirmou ao UOL o escritor, referindo-se à adaptação do livro para o cinema, que estreia na próxima semana no Brasil. Green é também autor do best-seller "A Culpa É das Estrelas", que também já ganhou versão cinematográfica no passado.

"Não consigo estender minha estadia [desta vez]. Mas quero muito voltar logo. Minha esposa já esteve aqui diversas vezes, sempre diz o quanto ela gosta daqui e agora eu a entendo. Acho incrível ter a oportunidade de voltar e celebrar livros", diz o escritor, que é casado com a curadora de arte Sarah Urist Green. "No Brasil hoje essa cultura [literária] é muito empolgante, existe muito crescimento. Sei que existem vários novos autores brasileiros surgindo agora, acompanhados por um interesse renovado do público. Isso é muito bacana de se ver. Tem muitos países que o mercado editorial parece difícil, diminuído até. Mas no Brasil eu detecto essa empolgação, muitos autores e editores novos, e eu quero estar perto para ver esse crescimento", afirma.

Procurado pela reportagem do UOL, o curador da Flip, Paulo Werneck, confirma o interesse do evento em John Green. Segundo ele, foram feitos dois convites - no ano passado e neste, mas ambos não vingaram por conta da agenda do autor, que, em 2014, chegou a ser incluído na lista das cem pessoas mais influentes do mundo da revista "Time".

"Ele foi convidado, mas sabemos que a agenda dele é difícil", conta Werneck. Se haverá uma terceira chance em uma próxima edição? "Obsessão não funciona. Ele será bem-vindo quando quiser vir e a editora sabe que as portas estarão sempre abertas, mas não iremos transformá-lo em um Santo Graal."

Com diversas mesas dedicadas à obra do escritor Mário de Andrade, a Flip (Festa Literária Internacional de Paraty) ocorre até domingo (5) na cidade fluminense. Entre os autores internacionais convidados estão o cubano Leonardo Padura, a britânica Sophie Hannah, o queniano Ngugi wa Thiong'o e o quadrinista francês Riad Sattouf. Um dos nomes mais aguardados desta edição, o jornalista italiano Roberto Saviano, autor de reportagens sobre a máfia italiana e os cartéis internacionais de drogas, cancelou sua vinda alegando motivos de segurança.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Página Cinco
do UOL
do UOL
Página Cinco
Da Redação
Página Cinco
UOL Jogos
do UOL
AFP
BBC
BBC
Página Cinco
Página Cinco
AFP
Da Redação
AFP
Página Cinco
do UOL
Página Cinco
Da Redação
do UOL
Página Cinco
Da Redação
Reuters
Página Cinco
Da Redação
do UOL
Página Cinco
EFE
Página Cinco
Da Redação
AFP
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Da Redação
Página Cinco
BBC
Página Cinco
UOL Jogos
UOL Jogos
Entretenimento
Página Cinco
Da Redação
Página Cinco
Entretenimento
AFP
Da Redação
Página Cinco
EFE
do UOL
Topo