Entretenimento

De galinhada a tributo a Inezita, veja atrações caipiras da Virada Cultural

Do UOL, em São Paulo

16/06/2015 05h00

Para os fãs de galinhada, festa junina e modas de viola, a Virada Cultural terá uma série de atrações caipiras concentradas no centro de São Paulo, a partir das 18h de sábado (20).

Em homenagem à diva do cancioneiro popular Inezita Barroso, que morreu em março aos 90 anos, o evento fará o “Arraial da Inezita Barroso”, no Palco República (praça da República, s/n). As apresentações vão virar a madrugada de sábado para domingo.

Quem abre a festa é a Orquestra Paulistana de Viola Caipira, seguida pelas duplas Zé Mulato & Cassiano –com sucessos como "Meu Céu", "Drama da Dieta" e "O Homem e a Espingarda”– e Pedro Bento & Zé da Estrada, que incluem no repertório "Seresteiro da Lua", "Peão de Ouro" e versões de "Galopeira" e "A Lua É Testemunha".

O “arraiá” continua com os grupos Matuto Moderno, Favoritos do Catira e o violeiro Índio Cachoeira, que destacam a música de raiz do Sudeste, e com a dupla sertaneja Cezar & Paulinho, formada em 1974, em Piracicaba, no interior paulista.

A grande atração da madrugada é Alceu Valença, que sobe ao palco às 4h de domingo (21). Na sequência, apresentam-se o sergipano Mestrinho, com seu acordeão, o violinista Antônio Nóbrega e as gêmeas mineiras Celia & Celma.

Ao meio-dia de domingo, é a vez do casal Oswaldinho e Marisa Vianna, que compõe e toca modas de viola desde a década de 1970. Os dois também fazem outro show na Virada Cultural: no sábado, às 20h, no Centro Cultural da Juventude (av. Deputado Emílio Carlos, 3641 - Vila Nova Cachoeirinha). Na ocasião, Oswaldinho e Marisa homenageiam o maestro Elpídio dos Santos (1909-1970), natural de São Luís do Paraitinga (SP).

O tributo a Inezita tem, ainda, o violeiro Miltinho Edilberto ao lado de Oswaldinho do Acordeon e é encerrado pelos músicos Paulo Freire, Wandi Doratiotto e Maurício Pereira, ao som de sax, viola caipira, violão e cavaquinho.

Quitutes juninos e Galinhódromo

A praça da República também vai concentrar várias opções de comidas típicas juninas, como bolo de milho, canjica, espetinhos, paçoca, pé de moleque, quentão e vinho quente.

Já os amantes de uma boa galinhada terão um Galinhódromo inteiro à sua disposição, na praça Roosevelt (praça Franklin Roosevelt, 158, centro). Encabeçadas pela tradicional receita do restaurante Dalva e Dito, do chef Alex Atala, as atrações gastronômicas vão funcionar das 19h de sábado até as 3h de domingo. Feito no Minhocão em 2012, quando houve confusão devido à grande procura, o evento mudou de local por questões de segurança.

Além da famosa galinhada de Atala, haverá versões do prato preparadas pelo chef Rodrigo Oliveira, do restaurante Mocotó, pela chef Janaina Rueda, do Bar da Dona Onça, e pelos donos de estabelecimentos como Galinhada do Bahia, Consulado Mineiro, Bar do Biu e Aconchego Carioca. As opções de bebidas ficarão por conta da Cervejaria Nacional e do Riviera Bar.

Clique aqui para ver a programação completa da Virada 2015. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Entretenimento

Topo