Livros e HQs

Último livro de poemas inéditos do "Velho Safado" Bukowski chega ao Brasil

Divulgação
O escritor Charles Bukowski e uma amiga posam para foto, em uma festa em sua casa Imagem: Divulgação

Rodrigo Casarin

Do UOL, em São Paulo

29/04/2015 07h00

Mulheres, brigas, bebidas, corridas de cavalo, música clássica, bares... Os principais elementos da obra do alemão naturalizado americano Charles Bukowski estão presentes em “As Pessoas Parecem Flores Finalmente”, livro que acaba de sair no Brasil pela L&PM e traz poemas do “Velho Safado” até então inéditos por aqui.
A obra é dividida em quatro partes: a primeira reúne versos feitos por Buk antes de intensificar suas publicações, na década de 1960; a segunda é de textos sobre mulheres; a terceira, sobre loucuras e o cotidiano de escritor, e a quarta versa sobre a sabedoria segundo o autor.

 “É um livro muito legível, com poemas intensos, outros engraçados, mas, a maioria, sarcásticos. Os leitores reencontrarão alguns de seus temas mais típicos, como as brigas de bar, uma de suas especialidades, contundentes acertos de contas com seu pai, execração da burguesia, muito niilismo, manifestações de admiração por seus mestres e algumas repetições”, analisa Claudio Willer, responsável por traduzir a obra do inglês para o português.

willer

  • Neste livro, há poemas que são relatos em prosa distribuídos em versos. Assim como vários dos seus contos contêm passagens em prosa poética

    Claudio Willer, tradutor de Bukowski

Sobre o trabalho, Willer garante que não há grandes dificuldades em se traduzir Bukowski. “É manter o tom coloquial, mas sem exagerar, e reproduzir a musicalidade do verso.” O tradutor enfrentou alguns problemas somente com o vocabulário empregado nas já datadas corridas de cavalos. “É algo que se tornou anacrônico, hoje em dia com menos apreciadores”, constata. Quanto ao estranho título –o convencional seria algo como “As Pessoas Finalmente Parecem Flores”–, o tradutor diz que apenas optou por seguir o original (em inglês, o livro se chama “The People Look Like Flowers at Last”).

Quinto e último volume póstumo de poemas inéditos do escritor –publicado originalmente em 2007, nos Estados Unidos, para onde Bukowski se mudou com a família aos três anos de idade–, “As Pessoas Parecem Flores Finalmente” é mais uma oportunidade para se ter contato com o autor como poeta. Para muitos, o escritor se saiu melhor na poesia do que na prosa, ainda que, segundo Willer, Buk tenha tido “pontos altos e baixos nas duas modalidades, com poemas e narrativas brilhantes, e outros triviais”.

Apesar disso, o tradutor vê uma continuidade no trabalho de Bukowski em gêneros diversos. “Neste livro, há poemas que são relatos em prosa distribuídos em versos. Assim como vários dos seus contos contêm passagens em prosa poética”, diz, citando como exemplo dessa simbiose o livro “Miscelânea Septuagenária”, lançado no Brasil em meados de 2014, que reúne trabalhos do autor em diversos formatos.

Os escritos de um velho safado

Divulgação
Capa do livro de poemas "As Pessoas Parecem Flores Finalmente", de Charles Bukowski Imagem: Divulgação
“Marginal em sua própria marginalidade”, é assim que Willer encara Bukowski, que, paradoxalmente, segundo o tradutor, conseguiu que sua obra fosse amplamente divulgada, deixando de ser marginal.

Conhecido também pelo apelido de “Velho Safado”, Bukowski angariou uma legião de fãs e seguidores por todo o mundo graças a trabalhos como “Mulheres”, “Ao Sul de Lugar Nenhum”, “Crônicas de um Amor Louco”, “Pedaços de um Caderno Manchado de Vinho” e “Fabulário Geral do Delírio Cotidiano”.

O escritor cresceu levando uma vida marcada pela miséria e pelos problemas em casa, principalmente com o seu pai. Influenciado por John Fante –autor de “Pergunta ao Pó” e “Espere a Primavera”, dentre outros– começou a escrever na década de 1940. Sua obra é profundamente marcada por elementos autobiográficos e situações mundanas, muitas vezes vividas em livros por Henry Chinaski, seu alter-ego. Bukowski morreu em 1994, aos 73 anos, vítima de leucemia, quando já era reconhecido internacionalmente como um grande nome da literatura.

A L&PM deverá publicar ainda no segundo semestre deste ano outro livro de poemas de Bukowski: “Queimando na Água, Afogando-se na Chama”, com tradução de Pedro Gonzaga.

Leia abaixo trecho de um poema de "As Pessoas Parecem Flores Finalmente":

"idade

a decência de suar uma cadeira de balanço
está reservada aos velhos generais ou aos antigos
estadistas enquanto as tardes florescem com
garotinhas que não têm nada a fazer a não ser rir
e passar por perto

para mim
quando os dedos forem embora o cérebro terá ido embora.
não haverá mais nada para erguer o
copo e eu ficarei por aí pensando em
camisolas brancas e piranhas
e blocos de noite com ratos no lugar dos olhos

quando os dedos falharem no copo eu terei
falhado
e a alma
em um velho saco de papel marrom
dirá adeus
assim como as sebes dizem adeus
assim como os canhões parados nos parques perguntando-se o que
vem aí."

 

Título: “As Pessoas Parecem Flores Finalmente”
Autor: Charles Bukowski
Tradução: Claudio Willer
Editora: L&PM
Páginas: 296
Preço: R$39,90

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Chico Barney
AFP
Página Cinco
Página Cinco
BBC
Da Redação
Da Redação
Da Redação
Da Redação
Da Redação
Da Redação
do UOL
Página Cinco
Página Cinco
Da Redação
Página Cinco
Página Cinco
do UOL
Página Cinco
Página Cinco
EFE
Página Cinco
EFE
Da Redação
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
AFP
Página Cinco
Página Cinco
BBC
AFP
Página Cinco
EFE
Da Redação
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
AFP
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
DW
Página Cinco
Topo