Entretenimento

Artista de rua brasileiro espalha drag queens pelos muros de Paris e SP

Estefani Medeiros

Do UOL, em São Paulo

26/03/2015 06h00

“Nós nascemos nus, o resto é drag”, já dizia RuPaul do alto de seus saltos 15. Seguindo a filosofia da performer americana e criadora do reality show “RuPaul’s Drag Race”, o artista de rua Rafael Suriani tem levado a energia das drag queens das festas para os muros de Paris e São Paulo com a série “Born Naked”. No próximo dia 4 de abril, sábado, depois de uma temporada fora do Brasil, ele abre uma exposição na Tag Gallery, no centro de São Paulo, que reúne fotografias e originais de suas intervenções urbanas.

Rafael se formou em arquitetura e urbanismo pela Universidade de São Paulo em 2002, quando começou a dar seus primeiros passos na arte de rua, utilizando a técnica "paste-up" --pintura feita em papel, posteriormente colada em muros. Durante o dia, colava stickers e lambe-lambes nos muros inspirado por artistas como osGêmeos, Nina Pandolfo e Nunca. À noite, visitava a casa noturna Blue Space, onde foi conquistado pela atmosfera “purpurinada” criada por performers veteranas como as drags Silvetty Montilla e Salette Campari.

Em 2007, Suriani se mudou para a França, onde concluiu mestrado em “fine arts” na Universidade de Paris e se deixou inspirar pelos glamourosos espetáculos burlescos, tradição performática que mistura dança, humor e sensualidade, pontos em comum com o universo das drags. Na capital francesa, se envolveu em movimentos políticos como o ACT-UP (Aids Coalition to Unleash Power), que reuniu artistas para manifestações na cidade e em 2013, momento em que a França aprovou leis relacionadas a direitos das famílias LGBT, como adoção e casamento.

Suriani

  • Drag e 'street art' têm muito em comum. São manifestações artísticas livres, independentes, que acontecem fora do circuito oficial”

    Rafael Suriani
 

Durante a estadia na Cidade Luz, o artista começou a criar estudos misturando formas femininas e masculinas a corpos de animais. Nas pinturas, espalhafatosos pássaros tropicais de pernas torneadas calçando scarpins e uma coruja de asas abertas ‘fazendo carão’ já indicavam a ideia que viria a seguir. Suriani descobria sua alma drag.

“Acho que dá para dizer isso, sim. Tenho uma alma drag”, diz ao UOL entre risos. “Me identifico muito com essa ideia de arte total, arte alegre, colorida e transgressora. Acho que drag e “street art” têm muito em comum. São manifestações artísticas livres, independentes, que acontecem fora do circuito oficial da arte. Me identifico com as mensagens de aceitação da diferença e da liberdade de expressão que são disseminadas pela cultura drag.”

Influência de drags da cultura pop

Entre as drags retratadas no projeto “Born Naked” estão a vencedora do Eurovision austríaco Conchita Wurst, personagens como Hedwig, do espetáculo “Hedwig e o Centímetro Enfurecido”, além das artistas do reality show americano “RuPaul’s Drag Race”, que neste mês estreou a sétima temporada nos EUA.

“O programa [‘RuPaul’s Drag Race’] tem sido uma forte influência para a cultura drag nos últimos anos. Tem influenciado toda uma nova geração de performers. Uso personagens do programa como modelos em muitas das minhas intervenções. Gosto muito da originalidade de Milk e da beleza e atitude da Adore Delano”, comenta, citando drags que participam da atração. Durante a passagem das duas artistas pelo Brasil em 2014, Suriani teve a oportunidade de conhecê-las e presenteá-las com as artes e abraços.

Para a primeira semana de abril, o artista prepara a exposição “It’s Not Personal, It’s Drag” (uma referência ao primeiro episódio da quinta temporada da série de RuPaul). A exposição reúne pinturas que retratam artistas da noite paulistana feitas à mão durante o último trimestre, além das fotografias das intervenções criadas em Paris. “Existe em São Paulo e no Brasil uma quantidade enorme de performers, e uma das que mais me chamou a atenção foi Ikaro, de quem acabei ficando amigo e realizando vários retratos”, comenta sobre sua musa atual.

Quem também inspirou Suriani foi o trio de drags Milano. “Esse é composto por Tiffany Bradshaw, Amanda Sparks e Peneloppy Jean, que, além de caprichar no look, atuam como DJs. Conheci também as Deendjers de Curitiba, um casal de rapazes que, quando se monta, faz um look quase idêntico, se assemelham a bonecas de porcelana cheias de glamour, com uma pegada meio retrô, anos 50.”

Suriani2

  • O programa ['RuPaul's Drag Race'] tem sido uma forte influência para a cultura drag nos últimos anos. Tem influenciado toda uma nova geração de performers. Uso personagens do programa como modelos em muitas das minhas intervenções. Gosto muito da originalidade de Milk e da beleza e atitude da Adore Delano

    Rafael Suriani

A mineira Malonna, também retratada na exposição, comentou a ideia em sua página no Facebook: “É uma ação e tanto para mostrar que não estamos confinadas aos espaços de festa. Somos cotidianas e reais”.

Com as pinturas, o artista também ajuda a registrar a arte criada pelas próprias drags, que muitas vezes costuram suas roupas e personas, um processo que exige talento com maquiagem e cabelo e uma simpatia pelo fashionismo. “Sempre busco captar e transmitir a expressão delas na pintura, mas grande parte do trabalho já esta lá. Faço uma interpretação e transponho isso pra ruas.”

SERVIÇO
Sábado (4/4)
Abertura: a partir das 17h
Rua Libero Badaró, 336, Centro - São Paulo
http://taggallery.com.br/
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo